Flamengo

Custo de R$ 600 mil assusta, e Marcos Braz se afasta de contratação no Flamengo

Antonio Mota
“Operação Maicon”, ex-São Paulo, custaria R$ 600 mil por mês ao Flamengo. Marcos Braz e clube não se empolgaram com o negócio.
“Operação Maicon”, ex-São Paulo, custaria R$ 600 mil por mês ao Flamengo. Marcos Braz e clube não se empolgaram com o negócio. / Delmiro Junior/Photo Premium/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

O Flamengo continua de olho no mercado em busca de reforços para Renato Gaúcho. Além de estar procurando um goleiro, o Rubro-Negro também tem interesse na contratação de um zagueiro. E vários foram os defensores ventilados no clube nas últimas semanas, sendo David Luiz o mais desejado pela agremiação e pela torcida.  

Além do ex-Arsenal, o Mais Querido também foi associado ao zagueiro Maicon, ex-São Paulo. Aos 32 anos, o defensor está à disposição do mercado desde que deixou o Al-Nassr, da Arábia Saudita, no último mês de junho, e foi oferecido ao clube do Rio de Janeiro. Os valores para tê-lo, no entanto, assustaram o Fla.

Maicon Flamengo MERCADO
Custos para ter Maicon, ex-São Paulo, afastaram o Fla do zagueiro. / Simon Holmes/Getty Images

Conforme o site FlaWeb, o Rubro-Negro teria que desembolsar cerca de R$ 600 mil por mês, entre luvas e salários, para ter o zagueiro. A quantia não agradou os cartolas do Fla, que também viram parte da torcida reagir negativamente a possível investida pelo experiente defensor. Assim, o vice-presidente de futebol do clube, Marcos Braz, esfriou o negócio.  

O portal informou ainda que, caso nada mude nos próximos dias, a tendência é que Maicon procure outro destino para seguir sua carreira.  

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit