Cuca pede permanência de Luan Peres e Lucas Veríssimo e destaca importância da dupla para decisão da Libertadores

Antonio Mota
Dec 28, 2020, 12:15 PM GMT-3
Cuca pede permanência de Luan Peres e Lucas Veríssimo e destaca importância da dupla para decisão da Libertadores.
Cuca pede permanência de Luan Peres e Lucas Veríssimo e destaca importância da dupla para decisão da Libertadores. / Alexandre Schneider/Getty Images
facebooktwitterreddit

Após o empate em 1 a 1 entre Santos e Ceará, na Vila Belmiro, no final de semana, pelo Campeonato Brasileiro, e conclusão dos jogos de 2020, o técnico Cuca comentou, entre outros assuntos, sobre a importância da permanência dos zagueiros Luan Peres e Lucas Veríssimo para o Alvinegro Praiano. Em entrevista, o treinador ressaltou a relevância da dupla para a decisão da Conmebol Libertadores.

Titulares e referências do Peixe, os defensores não têm o futuro certo na Baixada Santista: Veríssimo tem proposta do Benfica, de Portugal, e tende a ir para o futebol europeu, e o Santos negocia para que o camisa 28 continue na Vila até a final da Conmebol Libertadores, marcada para última semana de janeiro de 2021. O cenário, porém, não é fácil.

Luan Peres, por sua vez, pertence ao Club Brugge, da Bélgica, e está emprestado ao Peixe apenas até a próxima quinta-feira (31 de dezembro). O Santos tenta prolongar o vínculo com o atleta. Os desfechos dessas histórias devem ser anunciados nos próximos dias.

Cuca pede permanência de Luan Peres e Lucas Veríssimo no Santos.
Cuca pede permanência de Luan Peres e Lucas Veríssimo no Santos. / Wagner Meier/Getty Images

"Não consigo ter a equipe na mão para trabalhar. Meu adversário contrata Boselli (ex-Corinthians) e Pavón, eu não consigo ter a minha equipe. Fico na iminência de perder Lucas Veríssimo e Luan Peres. Falamos com jogador e empresário dia e noite. Com eles tenho uma chance, tenho 50% de chance com eles. Sem eles, a chance cai", iniciou Cuca, acrescentando:  

"Luan é tão importante quanto Veríssimo. Isso me causa trabalho muito grande. Não tenho vergonha de falar com a nova diretoria para não medirmos esforços de ficar com os dois. Temos que agir em cima disso para termos condição. Não podemos comprar o Luan Peres agora? Eu sei, mas podemos fazer o time do Luan Peres entender que é vitrine neste mês que acaba. O jogador quer ficar a todo custo, remou e como vai sair? Nossa responsabilidade não diminui sem esses jogadores. Santos é o Santos com ou sem. E com eles, temos chance maior, de 50%", concluiu.

Sem mais jogos em 2020 e com dias livres no começo de 2021, o Santos tem quase 10 dias para se preparar para o embate frente ao Boca Juniors, na Bombonera, na noite da primeira quarta-feira (6) do ano que vem, pelo jogo de ida das semifinais da Conmebol Libertadores. A volta, na Vila, vai acontecer no dia 13. "Agora temos oito ou nove dias para chegarmos na melhor posição possível para fazermos frente ao Boca", finalizou Cuca.

As informações acima são do UOL Esporte.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit