Cruzeiro

Cruzeiro x Felipe Conceição: presidente da Raposa garante que não demitiu o treinador – entenda

Antonio Mota
Presidente do Cruzeiro afirma que não demitiu Felipe Conceição: “Ele não me pediu demissão e nem eu demiti ele”.
Presidente do Cruzeiro afirma que não demitiu Felipe Conceição: “Ele não me pediu demissão e nem eu demiti ele”. / GILSON JUNIOW9 PRESSGAZETAPRESS
facebooktwitterreddit

A polêmica novela entre o Cruzeiro e Felipe Conceição continua no ar. E ganhou um novo capítulo na noite da última quarta-feira, 7, com o presidente Sérgio Santos Rodrigues comentando sobre o assunto. Após o treinador acionar a Câmara Nacional de Resoluções e Disputas e, posteriormente, ganhar liminar na Justiça do Trabalho, o mandatário celeste deu entrevista e garantiu que não demitiu Conceição.

Ele não me pediu demissão e nem eu demiti ele. A gente entendeu, como eu usei a palavra, de dar descontinuidade e não continuar o trabalho no Cruzeiro, de comum acordo. Então foi isso que aconteceu”, declarou o cartola, em entrevista publicada na TV institucional da Raposa, dando a versão do clube sobre o desligamento do treinador.

Felipe Conceição Cruzeiro Sérgio Santos Rodrigues
Felipe Conceição deixou o Cruzeiro no mês passado. / GLEDSTON TAVARES/FramePhoto/Gazeta Press

Demitido há cerca de um mês, Felipe Conceição acionou a CNRD e questionou sua demissão no Cruzeiro. Ele não aceitou assinar o documento de rescisão em “comum acordo”, como o clube alegou. Em seguida, o treinador entrou na Justiça do Trabalho e obteve uma liminar favorável ao desligamento de seu vínculo junto a Raposa, que, inclusive, pode ser punida. Cabe notar que ele fechou com o Remo.   

Por fim, Sérgio Santos Rodrigues falou sobre o momento da demissão de Felipe Conceição e citou “falta de clima” como o motivo.

"Ao conversar, chegamos já batendo um papo [com Felipe Conceição], e entendendo que ali não havia mais clima para continuidade. Tanto que ali mesmo já se arma a coletiva. Eu falo: 'conversamos e optamos', no plural, nós, pela descontinuidade do trabalho. Realmente por essa falta de clima. Tanto que dali o próprio Felipe não volta no ônibus com a gente, pegou um carro e foi para o hotel, mudou o voo, não voltou com a delegação, não foi no vestiário despedir dos atletas, já não tinha esse clima. Foi isso que aconteceu", finalizou.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit