Premier League

Cristiano Ronaldo apagado, brilho de Mount e mais: o que foi destaque na 32ª rodada da Premier League

Lucas Humberto
Zerado novamente, Cristiano Ronaldo amargou um novo tropeço na Premier League
Zerado novamente, Cristiano Ronaldo amargou um novo tropeço na Premier League / ANTHONY DEVLIN/GettyImages
facebooktwitterreddit

Chegamos na reta final da Premier League! Daqui em diante, todos os pontos importam independente de qual seja o objetivo do seu clube: título, G4 ou escapar do rebaixamento. E teve gigante emplacando outro tripçeo neste sábado (09).


Pickford brilha para anular o Manchester United

Cristiano Ronaldo Manchester United Premier League
Crise parece interminável para CR7 / Robbie Jay Barratt - AMA/GettyImages

Desde a dramática eliminação nas oitavas de final da Champions League, o Manchester United segue sem vencer. Diante do Everton, no Goodison Park, o revés por 1 a 0 com gol de Anthony Gordon favorável aos Toffes ampliou a crise dos Red Devils. E, de quebra, permitiu aos comandados de Frank Lampard dormir outra rodada fora da zona do rebaixamento.

E olha que Cristiano Ronaldo e seus comandados tentaram sair com três pontos na mala. Foram 12 finalizações, sendo quatro no alvo. Acontece que, na meta do clube de Liverpool, estava Jordan Pickford numa grande jornada. Na próxima rodada, Ralf Rangnick e comandados irão enfrentar o lanterna Norwich, em Old Trafford. Imagina se não ganha...

Para completar o dia complicado do camisa 7, a saída de campo também teve sua conturbações. Mancando, com a perna sangrando e irritado, o atacante português deu um tapa no celular de um torcedor do Everton. Pelo visto, Jonathan Calleri, do São Paulo, anda fazendo escola nos gramados ingleses.


Chelsea goleia para afastar fantasmas

Mount Chelsea Premier League Real Madrid Southampton
Mount teve uma das melhores atuações da temporada / ADRIAN DENNIS/GettyImages

Deixou o torcedor sonhar? Após ser destruído por Karim Benzema na ida das quartas de final da Champions League, o Chelsea impôs uma goleada para afastar qualquer crise possível: 6 a 0, fora de casa, contra o Southampton. Marcos Alonso, Mason Mount (duas vezes), Timo Werner (duas vezes) e Kai Havertz asseguraram os gigantescos três pontos aos Blues. Ritmo de treino!

Destaque especial para Mount, que teve uma das melhores atuações da temporada, com direito a dois gol e uma assistência. Com o placar, Thomas Tuchel e seus comandados chegam ao oitavo triunfo longe dos seus domínios. Outro dado que pode encher os torcedores de esperança para enfrentar o Real Madrid na terça-feira (12).


Arsenal desperdiça grande chance

Martin Odegaard Arsenal Premier League Champions League
Gunners sofreram a segunda derrota seguida / JUSTIN TALLIS/GettyImages

Terceira derrota nos últimos cinco confrontos. Esta última, sofrida ante o Brighton, por 2 a 1, foi a mais dolorosa. Os Gunners, se conquistassem os três pontos, poderiam ultrapassar o Tottenham e entrar na zona de classificação à Champions League. Pena que esqueceram de avisar os Seagulls, que contaram com gols de Leandro Trossard e Mwepu para garantir a vitória.

Martin Odegaard até descontou para os donos da casa na reta final do segundo tempo, mas já estava tarde. Com o revés, Mikel Arteta e seus comandados podem se complicar na busca por vaga no principal torneio europeu, sobretudo pela tabela complicada daqui em diante e, claro, pela lesão de pilares da equipe. Ainda dá para acreditar, torcedor?

facebooktwitterreddit