Corinthians possui hoje mais de 100 jogadores com contrato profissional; entenda

Oct 11, 2020, 8:41 AM GMT-3
2020 Brasileirao Series A: Corinthians v Santos Play Behind Closed Doors Amidst the Coronavirus (COVID - 19) Pandemic
2020 Brasileirao Series A: Corinthians v Santos Play Behind Closed Doors Amidst the Coronavirus | Alexandre Schneider/Getty Images
facebooktwitterreddit

Com o segundo turno do Brasileirão se aproximando, o Corinthians ainda está à procura de um novo comandante, e tem outros problemas pela frente. Além da má fase da equipe, as eleições do clube estão bem próximas e, com isso, muitos temas dentro do clube serão debatidos e contestados nos próximos meses.

Um desses temas é a grande quantidade de atletas de futebol sob contrato. Com informação do colunista Marcel Rizzo, do UOL Esporte, o clube paulista mantém hoje sob contrato profissional 109 jogadores, número bem acima da média em relação aos outros clubes brasileiros - o comum é as equipes terem de 30 a 35 jogadores à disposição no time principal.

2020 Brasileirao Series A: Corinthians v Botafogo Play Behind Closed Doors Amidst the Coronavirus (COVID - 19) Pandemic
2020 Brasileirao Series A: Corinthians v Botafogo Play Behind Closed Doors Amidst the Coronavirus | Alexandre Schneider/Getty Images

Isso, porém, se deve muito à manutenção do time de aspirantes do Corinthians no ano de 2020. Mesmo sem ter atuado no ano, dez reforços e onze renovações foram feitas até o momento para a equipe sub-23 do Timão.

O time de aspirantes é utilizado para dar rodagem a jogadores sem espaço no profissional e para nomes da base que já passaram dos 20 anos. Além disso, também é utilizado para dar ritmo de jogo para atletas que estejam em recuperação de lesão.

Roni
2020 Brasileirao Series A: Corinthians v Bahia Play Behind Closed Doors Amidst the Coronavirus | Alexandre Schneider/Getty Images

Além do time B, muitos contratos com talentos da base são feitos logo cedo - os documentos podem ser feitos a partir dos 16 anos do atleta -, o que enche cada vez mais a lista de jogadores sob contrato profissional. No entanto, essa é uma maneira de mantê-los no clube e, se for necessário, emprestá-los para outras equipes.

O alto número de jogadores com contrato profissional certamente será pauta de discussões eleitorais no Corinthians - as eleições estão marcadas para o dia 28 de novembro. A manutenção de um time de aspirantes, com isso, poderá não ocorrer para os próximos anos, visto que muitas críticas estão sendo feitas pelo número de atletas e pelo custo com o projeto.

Em comparação aos seus rivais, o abismo entre os números é bem grande. São 63% a mais que o São Paulo - 67 jogadores -, 44% do que o Palmeiras - 76 - e 26% do que o Santos - 87 -, de acordo com levantamento do UOL Esporte nos registros oficiais.

Com a pandemia do novo coronavírus, inclusive, o limite máximo de jogadores nas competições oficiais aumentaram, mas nenhum rival paulista chegou perto do número de jogadores sob contrato profissional no Corinthians. Essa mudança foi feita por conta da possibilidade de perder algum atleta por contaminação.

facebooktwitterreddit