Futebol Internacional

São Paulo joga mal, sofre contra o Everton e adia classificação na Copa Sul-Americana

Bia Palumbo
Miranda se envolveu no lance mais polêmico do jogo no Chile
Miranda se envolveu no lance mais polêmico do jogo no Chile / MARTIN BERNETTI/GettyImages
facebooktwitterreddit

Um dos clubes que tinha 100% de aproveitamento na Copa Sul-Americana era o São Paulo, que nesta quinta-feira (5) jogou no Estádio Sausalito, em Viña del Mar, e ficou no 0 a 0 com o Everton. Dominante do início ao fim, o time chileno pressionou a saída de bola do rival, finalizou mais (16 vezes contra apenas 6 do tricolor) e protagonizou as melhores chances, tanto que o goleiro Jandrei foi eleito o melhor em campo na transmissão da Conmebol. Já a equipe reserva escalada por Rogério Ceni sequer conseguiu acertar o alvo - nenhuma bola foi na direção do gol defendido por De Paul.

Everton x Sao Paulo Rigoni
Rigoni ganhou chance como titular, no entanto passou em branco / NELSON ALMEIDA/GettyImages

"Jogo difícil. O importante era somar algum ponto aqui e agora temos dois jogos em casa para buscar a classificação."

Rigoni, atacante do São Paulo

O Everton saiu de campo irritado com a arbitragem, principalmente porque o argentino Fernando Rapallini interpretou como lance normal uma jogada em que a bola tocou no braço do zagueiro Miranda dentro da área. A melhor oportunidade para os chilenos saiu dos pés de Madrid, mas o goleiro do São Paulo estava atento e saiu de campo sem ser vazado logo na estreia dele na Sul-Americana - antes era Tiago Volpi na meta tricolor.

Ceni bem que tentou mudar a realidade da partida, tanto que mexeu em todas as posições do meio para a frente, mas a falta de entrosamento e de experiência pesou - todos os reservas eram formados na categoria de base do clube.

facebooktwitterreddit