Copa do Brasil

Nos pênaltis e com polêmica de arbitragem, Goiás elimina Red Bull Bragantino da Copa do Brasil

Bia Palumbo
Time de Jair Ventura ganhou fora de casa e avançou na Copa do Brasil
Time de Jair Ventura ganhou fora de casa e avançou na Copa do Brasil / Wagner Meier/GettyImages
facebooktwitterreddit

Após cair na fase de grupos da Libertadores na última semana, o Red Bull Bragantino sofreu um novo baque nesta terça-feira (31), quando recebeu o Goiás no Estádio Nabi Abi Chedid e perdeu por 1 a 0, com gol de Matheus Sales.

Como o Massa Bruta tinha vencido em Goiânia por 2 a 1, o resultado levou a partida para os pênaltis. Foi então que brilhou a estrela do goleiro Tadeu, que defendeu cinco cobranças, e o Esmeraldino venceu a disputa final por 9 a 8. O adversário nas oitavas de final será decidido em sorteio a ser realizado na terça-feira (7).

Os times haviam empatado em 1 a 1 no final de semana pelo Brasileirão e quase o placar se repetiu nesta noite, porém o árbitro Leandro Pedro Vuaden anulou um gol de cabeça de Jan Hurtado nos acréscimos do segundo tempo por alegar que o atacante cometeu falta no zagueiro Sidimar. O lance gerou muita reclamação por parte dos donos da casa, tanto que o técnico Mauricio Barbieri e o preparador de goleiros Rodrigo Bruns foram expulsos.

Sidimar protagonizou os dois principais lances da partida, visto que também participou do gol que abriu o marcador, uma jogada trabalhada de pé em pé que terminou com assistência de Nicolas e chute cruzado do meio-campista.

Sendo assim, os clubes que avançaram às oitavas de final da Copa do Brasil são: América-MG, Athletico-PR, Atlético-GO, Atlético-MG, Bahia, Botafogo, Ceará, Corinthians, Cruzeiro, Fortaleza, Flamengo, Fluminense, Goiás, Palmeiras, Santos e São Paulo.

facebooktwitterreddit