Copa do Brasil

Na raça, Fluminense vira sobre o Vila Nova em jogo histórico para Fred na Copa do Brasil

Bia Palumbo
Fred quebrou jejum de gols que durava quase seis meses
Fred quebrou jejum de gols que durava quase seis meses / Wagner Meier/GettyImages
facebooktwitterreddit

Faltam cerca de três meses para Fred encerrar a carreira como profissional e nesta terça-feira (19) ele marcou o primeiro gol na temporada 2022, garantindo a vitória do Fluminense sobre o Vila Nova por 3 a 2, uma virada sob olhar de 10 mil pessoas que fez o tricolor sair na frente no primeiro confronto da terceira fase da Copa do Brasil. Agora o time joga pelo empate em Goiânia no dia 11 de maio para avançar às oitavas de final.

O time goiano aproveitou principalmente falhas na saída de bola do rival e abriu 2 a 0 no Maracanã, um gol de cabeça de Rafael Donato e outro de Pablo Dyego, que mal comemorou porque é formado na base do Flu. O cenário parecia trágico para o tricolor, que ainda perdeu Yago Felipe por lesão aos 25 minutos de jogo. Mas depois do intervalo a história mudou e o empate veio em um intervalo de cinco minutos, com Ganso e Cano, e ainda deu tempo do camisa 9 balançar a rede no final do segundo tempo.

"Foi uma vitória na superação. Não esperávamos esse susto, entrei quando estava 2 a 1, ainda jogamos praticamente com um a menos depois que o Caio sentiu a coxa, mas dentro do contexto da partida foi muito especial."

Fred, atacante do Fluminense

Com a derrota parcial, Abel Braga fez duas mexidas no intervalo e tanto Caio Paulista quanto Ganso foram determinantes para diminuírem o placar. O atacante achou Willian na ponta direita, ele invadiu a área e caiu após disputa com Renato. O árbitro Rodolpho Toski Marques hesitou, mas confirmou a cobrança que gerou muita reclamação por parte dos jogadores do time goiano e dois cartões amarelos, para o goleiro Georgemy e para o zagueiro Rafael Donato. O camisa 10 foi para a bola e ela ainda bateu na trave antes de entrar.

"Foi um pênalti duvidoso, o árbitro atrapalhou bastante e tirou nosso controle mental. Contra tudo e contra todos."

Arthur Rezende, do Vila Nova

O Vila Nova pareceu sentir o gol e o Fluminense melhorou ainda mais depois que Marlon entrou pela esquerda, substituindo Pineida. Ele cruzou e a bola passou por Fred, mas Cano estava lá para encerrar um jejum de gols que durava quatro partidas e anotar o 11º dele na temporada 2022.

O Fluminense foi para cima e a virada aconteceu após boa jogada de Nino pela direita, ele cruzou e a bola chegou em Nonato, que viu Fred passar pela esquerda e chutar no canto esquerdo do goleiro para se tornar o maior artilheiro da história da Copa do Brasil, com 37 gols, ultrapassando Romário.

facebooktwitterreddit