Futebol Internacional

Conheça o Al-Jazira, representante dos Emirados Árabes no Mundial de Clubes e potencial adversário do Chelsea

Lucas Humberto
Representante do país-sede, clube que já teve Romarinho entre os destaques tenta repetir feito de 2017
Representante do país-sede, clube que já teve Romarinho entre os destaques tenta repetir feito de 2017 / KARIM SAHIB/GettyImages
facebooktwitterreddit

Representante do país-sede, o Al-Jazira estreia na primeira rodada do Mundial de Clubes. De cara, o time de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, enfrenta o Pirae no duelo que abre o torneio da FIFA. Quem avançar terá o Al-Hilal pela frente. Com os brasileiros João Victor e Bruno no elenco, a equipe tenta repetir o feito de 2017, quando marcou presença na semifinal da competição.

À época, o time que tinha Romarinho entre os destaques não conseguiu segurar o ímpeto do Real Madrid. E por falar em figuras brasileiras na história do clube, não faltam encontros. O Al-Jazira já foi treinador por Abel Braga, Caio Júnior e Paulo Bonamigo. Ricardo Oliveira, artilheiro nato da seleção, desponta entre os jogadores mais ilustres da instituição.


Dono bilionário, títulos recentes e brasileiros: conheça o Al-Jazira

De propriedade do bilionário Hamdan Bin Zayed Al Nahyan, mesmo dono do Manchester City, o Al-Jazira vem se tornando cada vez mais expressivo no âmbito nacional. Embora se equiparar aos vitoriosos times de Dubai - Al-Wasl e Al-Ahli - e ao maior campeão - Al-Ain - seja um vislumbre distante, os três troféus do Campeonato Emiradense de Futebol, ou UAE Pro League, elevaram o status da equipe. As taças foram levantadas nas temporadas 2010/11, 2016/17 e 2020/21.

E por falar em títulos, ainda no mês de janeiro o Al-Jazira celebrou a conquista inédita da Supercopa dos Emirados Árabes. Quem comemorou efusivamente foi Victor Sá, que deu assistência nos minutos finais do duelo contra o Shabab Al-Ahli e levou a decisão aos pênaltis, onde o Al-Jazira triunfou por 5 a 3. "Para mim, é tudo muito especial, cheguei ao clube no início da temporada e já poder celebrar um título, é algo muito bom", destacou.

"Foi um jogo muito duro, como toda decisão é. Pude, juntamente com todos os meus companheiros, fazer uma grande partida e ajudar na conquista do título. Agora vamos comemorar, mas sem esquecer o restante da temporada. Além do Mundial de Clubes, temos jogos importantes pela frente, então a meta é focar na sequência da temporada."

João Victor Sá, do Al-Jazira

Abdoulay Diaby, Ali Mabkhout, João Victor e mais: as peças para ficar de olho

Palmeiras e Al-Jazira só podem se encontrar numa eventual final. Algo improvável, claro, mas não impossível. Diante da probabilidade (mesmo que baixa), conhecer as melhores peças da equipe não prejudica ninguém, certo? No âmbito goleador, ninguém se destaca tanto quanto os seguintes nomes:

  • Ali Mabkhout: nascido e criado no Al-Jazira, o experiente centroavante de 31 anos está no plantel profissional desde 2008. Na atual temporada, já são oito participações em gols (quatro gols e quatro assistências) em 10 compromissos.
Ali Mabkhout Al-Jazira Mundial de Clubes Palmeiras
Mabkhout está entre os mais experientes do elenco / KARIM SAHIB/GettyImages
  • Abdoulay Diaby: ex-Sporting e Lille, o francês de 30 anos acumula cinco gols e uma assistência em 11 partidas da UAE Pro League.
  • João Victor Sá: formado nas categorias de base do Palmeiras, o ponta brasileiro de 27 anos balançou as redes uma vez e entregou três assistências em 13 duelos do Campeonato Emiradense.
  • Abdalla Ramadan: jovem nome do plantel, o meia de 23 anos possui seis participações em gols (quatro tentos e duas assistências) em 13 confrontos da UAE Pro League.
Abdalla Ramadan Al-Jazira Emirados Árabes Unidos Mundial de Clubes Palmeiras
Ramadan durante compromisso da seleção dos Emirados Árabes Unidos / Matthew Ashton - AMA/GettyImages

O Al-Jazira se despede momentaneamente do torneio nacional na quinta colocação, com sete vitórias, dois empates e quatro derrotas. São 22 gols feitos contra 17 sofridos em 13 oportunidades. A equipe do treinador Marcel Keizer recebe o Pirae na quinta-feira, 3 de fevereiro, no estádio Mohammed Bin Zayed, às 13h30 de Brasília.

facebooktwitterreddit