Futebol brasileiro

Como o Grêmio se saiu em finais de Gauchão contra times do interior desde o ano 2000?

Fabio Utz
Tricolor tenta, neste sábado, o quinto título estadual seguido
Tricolor tenta, neste sábado, o quinto título estadual seguido / Silvio Avila/GettyImages
facebooktwitterreddit

Não são raras as vezes em que o Campeonato Gaúcho em sua 'era moderna' foi decidido entre um gigante (Grêmio ou Internacional) e uma equipe do interior do Estado. Do ano 2000 em diante, foram 13 finais sem Gre-Nal, com o Tricolor participando de cinco delas, e o Colorado, de oito.

O Grêmio, no ano 2000, decidiu o Estadual com o Caxias e levou a pior. Tomou de 3 a 0 na Serra e, no Olímpico, não saiu do 0 a 0. Com isso, Ronaldinho Gaúcho e companhia tiveram que amargar o vice-campeonato. A lição, no entanto, foi aprendida, tanto que, dali em diante, o time azul ganhou todas as quatro finais seguintes contra rivais do interior.

Em 2001, a vítima foi o Juventude. Vitória por 3 a 2 no estádio Alfredo Jaconi - gols de Zinho e Marcelinho Paraíba (duas vezes) - e 3 a 1 no Olímpico - Anderson Polga, Marcelinho Paraíba e Eduardo Costa marcaram. Em 2007, nova final contra o Ju. Empate em 3 a 3 fora de casa - Carlos Eduardo (duas vezes) e Tuta) - e vitória por 4 a 1 em Porto Alegre - gols de Tcheco (duas vezes), Diego Souza e Lúcio.

No ano de 2018, a decisão foi contra o Brasil de Pelotas. Na Arena, fez 4 a 0 - Everton (duas vezes), Alisson e Ramiro anotaram os gols -, e no Bento Freitas, 3 a 0 - Cícero, Alisson e Leonardo Moura balançaram a rede xavante. Por fim, em 2020, o Tricolor se reencontrou com o Caxias em uma disputa de título. No jogo de ida, vitória por 2 a 0 no Centenário - Pepê e Everton Cardoso comemoraram. Na volta, é verdade, a equipe amargou uma derrota por 2 a 1 na Arena - Diego Souza fez para os azuis -, mas celebrou igual. Será que o Ypiranga, neste sábado, será a próxima vítima?

facebooktwitterreddit