Brasileirao Série A

Como foi o desempenho dos campeões estaduais no Brasileirão de 2021

Antonio Mota
Atlético-MG garantiu o título em ambas as frentes
Atlético-MG garantiu o título em ambas as frentes / Pedro Vilela/GettyImages
facebooktwitterreddit

O Campeonato Brasileiro de 2021 acabou na noite da última quinta-feira, 9, após meses de emoções, confusões, polêmicas e, claro, muito futebol. E, com o fim da principal liga do Brasil, o 90min decidiu destacar como foi a temporada de cada um dos seis campeões estaduais que participaram desta edição da Série A. Confira:

1. Atlético-MG – foi campeão da Série A após 50 anos

Atletico Mineiro Brasileirao 2021
O Atlético-MG sobrou no Campeonato Brasileiro de 2021. / Pedro Vilela/GettyImages

O Atlético-MG sobrou no Brasil na temporada. Após conquistar o bi consecutivo no Campeonato Mineiro, o Galo embalou, massacrou adversários e conquistou o Campeonato Brasileiro de forma antecipada e absoluta. Um ano realmente especial para os fãs do clube.

O Alvinegro, cabe lembrar, ainda pode conquistar a Copa do Brasil.

2. Flamengo – foi vice-campeão e assegurou vaga para a Libertadores

David Luiz Flamengo  Brasileirão
O Flamengo decepcionou no Brasileirão. / Wagner Meier/GettyImages

O Flamengo começou o ano bem e logo exerceu o seu favoritismo vencendo o Campeonato Carioca. Em seguida, já em meio à queda de Rogério Ceni e a chegada de Renato Gaúcho, o Rubro-Negro viveu bons momentos, mas não foi regular e perdeu tudo o que poderia, incluindo o Campeonato Brasileiro.  

O Fla decepcionou em 2021 e ficou apenas com o vice-campeonato.

3. Fortaleza – conseguiu vaga para a Libertadores pela primeira vez

David Fortaleza
O Fortaleza viveu uma temporada histórica. / Bruna Prado/GettyImages

O Fortaleza viveu um ano mais do que especial em 2021. Nesta temporada, na qual conquistou o tri consecutivo no Campeonato Cearense, o Leão do Pici emplacou uma campanha histórica no Brasileirão e acabou no G-4, conseguindo, assim, uma vaga direta para a fase de grupos da Conmebol Libertadores de 2022.

Juan Pablo Vojvoda, Pikachu e companhia fizeram história.

4. São Paulo – lutou contra o Z-4 e abocanhou vaga para a Sul-Americana

Rogerio Ceni São Paulo
O São Paulo não foi bem na temporada. / Alexandre Schneider/GettyImages

O São Paulo começou o ano muito bem: venceu o Campeonato Paulista e acabou com um jejum de 8 anos sem títulos – e de 16 anos sem conquistar o Estadual. Na sequência, porém, o Tricolor não conseguiu manter o bom desempenho e caiu na Libertadores e na Copa do Brasil.

Além disso, o Soberano também não foi bem no Brasileirão e brigou até o final para não cair para a Série B. Por fim, o clube do Morumbi conseguiu uma vaga para a Sul-Americana.

5. Cuiabá – conseguiu vaga para a Sul-Americana

Max Cuiabá
O Cuiabá conseguiu se manter na Série A. / Pedro Vilela/GettyImages

O Cuiabá chegou como franco-atirador à elite do futebol nacional, mas foi valente e conseguiu defender sua permanência na Série A do Campeonato Brasileiro de 2022. Incansável, o Dourado alcançou o principal objetivo da temporada após vencer o Campeonato do Mato Grosso.

Mais, o clube ainda conseguiu uma “cereja para o bolo” de 2021: assegurou uma vaga para a próxima Sul-Americana.

6. Grêmio – não foi bem e acabou sendo rebaixado para a Série B

Diego Souza Grêmio Campeonato Brasileiro
O Grêmio foi rebaixado mais uma vez no Campeonato Brasileiro. / Silvio Avila/GettyImages

O Grêmio vai trabalhar para esquecer o quanto antes o ano de 2021. Após manter o domínio no Rio Grande do Sul e conquistar o Campeonato Gaúcho, o Imortal despencou na temporada e não conseguiu emplacar em nenhuma das frentes: caiu na pré-Libertadores e na Copa do Brasil e, também, no Brasileirão.

O Tricolor vai disputar a Série B em 2022.

facebooktwitterreddit