Copa do Mundo 2022

Como foi a atuação do árbitro brasileiro Wilton Pereira Sampaio ao estrear na Copa do Catar?

Matheus Nunes
O árbitro fez uma partida segura e não interferiu no resultado da partida
O árbitro fez uma partida segura e não interferiu no resultado da partida / Alex Grimm/GettyImages
facebooktwitterreddit

Após Raphael Claus, outro árbitro brasileiro fez sua primeira partida na Copa do Mundo do Catar nesta segunda-feira (21). Wilton Pereira Sampaio apitou a vitória da Holanda por 2 a 0 sobre Senegal.

O trabalho de Wilton foi bem avaliado por quem acompanhou o jogo. Apesar de ser sua estreia em Mundiais, o árbitro foi bastante seguro nas decisões, não utilizou o VAR e também não vulgarizou o uso dos cartões amarelos - foram apenas três no duelo.

No lance mais complicado, aos 36 minutos, Sarr recebeu cruzamento e tentou cabecear, mas não conseguiu alcançar a bola como queria. O atacante pediu pênalti, mas a arbitragem brasileira mandou seguir, sem precisar da interferência do árbitro de vídeo. No geral, os jogadores respeitaram o "professor" e ele não precisou aparecer.

Números de Holanda 2 x 0 Senegal

Faltas: 26
Cartões amarelos: 3
Impedimentos: 3

Aos 40 anos, o árbitro residente em Goiânia é formado em Educação Física e trabalhou em 21 jogos na última edição da Série A do Campeonato Brasileiro. Ao todo ele distribuiu 107 cartões amarelos - uma média de 5,07 por jogo - e quatro vermelhos, além de marcar quatro pênaltis.

Como foi a reação nas redes sociais ao ver árbitro brasileiro na Copa do Mundo

facebooktwitterreddit