Palmeiras

Como críticas públicas de Abel Ferreira foram recebidas internamente no Palmeiras

Lucas Humberto
Técnico luso teceu críticas contundentes ao desempenho recente dos jogadores
Técnico luso teceu críticas contundentes ao desempenho recente dos jogadores / Alexandre Schneider/GettyImages
facebooktwitterreddit

Depois do terceiro tropeço consecutivo no Campeonato Brasileiro, os torcedores viram o Palmeiras tomar mais distância do Atlético-MG, atual líder do torneio nacional. Após ter sido ultrapassado pelo Flamengo na tabela, que ainda possui dois jogos a menos, as críticas vieram de todos os lados, inclusive do próprio Abel Ferreira.

Em entrevistas recentes, o treinador luso já havia ressaltado a falta de comprometimento coletivo na defesa do time e, após ver o América-MG virar o placar, teceu comentários contundentes sobre sistema ofensivo: "O jogo se divide em dois momentos, com bola e sem bola. Com bola, temos que ser Palmeiras, assumir e jogar, não se esconder do jogo. E nisso temos que melhorar muito."

Internamente, as cobranças direcionadas aos atletas foram vistas como desnecessárias, mesmo que ele tenha se incluído nos problemas. Contudo, não há pistas nos bastidores que indiquem um relacionamento ruim entre área técnica e diretoria, como aconteceu em outras ocasiões. No momento, o foco dos paulistas está na decisão da Libertadores, além da recuperação no Brasileiro.

Como a relação entre Abel, diretoria e jogadores costuma ser classificada como respeitosa e cordial por pessoas que frequentam o clube, espera-se que as críticas públicas não estremeçam a convivência dos envolvidos, afinal, ainda há tempo hábil para retomar os melhores dias no torneio nacional e seguir buscando a melhor preparação para tentar o bicampeonato continental.

Jadson Dudu Palmeiras Abel Ferreira Críticas Brasileirão
Palmeiras está sem vencer no Brasileirão há três rodadas / Alexandre Schneider/GettyImages

Neste sábado (09), o Verdão recebe o Red Bull Bragantino pela 25ª rodada do Brasileirão. A caminhada rumo à recuperação vai ganhar um ingrediente a mais: a torcida. O duelo marca o retorno dos fãs ao Allianz Parque pela primeira vez desde março de 2020. Será que o Alviverde consegue parar o Massa Bruta?


Para construir o artigo tomamos como base informações veiculada no ge.

facebooktwitterreddit