Com transfer ban e baixo poder de barganha, Atlético-MG vê Nacho Fernández mais perto do adeus - entenda

Fabio Utz
Meio-campista tem vínculo com o Galo até o fim de 2023
Meio-campista tem vínculo com o Galo até o fim de 2023 / Pedro Vilela/GettyImages
facebooktwitterreddit

Nacho Fernández tem contrato com o Atlético-MG? Sim, tem contrato. Só que a possibilidade de um retorno do meio-campista ao River Plate é cada vez mais real, ainda mais levando em contato o fato de o Galo ter sido punido com o transfer ban da Fia justamente pela falta de pagamento ao clube argentino pela compra do gringo. Diante deste cenário, o poder de barganha da equipe é muito pequeno.

O GE teve acesso a detalhes da dívida que a equipe brasileira tem com o rival argentino, incluindo aí os valores punitivos aplicados pela entidade máxima do futebol. O total pendente é de US$ 2,02 milhões, o equivalente a R$ 10.582.780,00. Segundo o jornalista César Luis Merlo, o River ofereceu US$ 3 milhões ao Atlético-MG, ou seja, R$ 15,7 milhões. Soma de um lado e desconta do outro, entraria nos cofres menos de US$ 1 milhão (R$5,2 milhões).

Nacho Fernandez Mercado da Bola Atlético-MG River Plate Futebol
Meia argentino está mais perto de retornar ao River Plate / Pedro Vilela/GettyImages

Nacho foi comprado por US$ 6 milhões, se tornando os dos jogadores mais caros da história do Galo, e tem um dos salários mais altos do plantel. Além disso, seu contrato se encerra em dezembro de 2023. Ou seja, para se ter algum tipo de lucro com eventual negociação, a janela do início de 2023 seria praticamente a última oportunidade.

A possibilidade de liberar o meio-campista, claro, também passa por um posicionamento do técnico Eduardo Coudet, que queria ter trabalhado com o jogador quando de sua passagem pelo Internacional, em 2020. Nacho nunca escondeu o desejo de um dia retornar ao River, e questões familiares podem pesar, neste momento, para um adeus.

Para mais notícias do Atlético Mineiro, clique aqui.

facebooktwitterreddit