Olimpíadas

Com reedição da decisão de 2012, Olimpíadas conhecem semifinalistas no futebol masculino - veja o chaveamento

Lucas Humberto
Brasil irá enfrentar o México, algoz na final dos Jogos de Londres
Brasil irá enfrentar o México, algoz na final dos Jogos de Londres / CHARLY TRIBALLEAU/Getty Images
facebooktwitterreddit

Semifinal definida!

Na manhã deste sábado (31), os Jogos Olímpicos de Tóquio conheceram seus quatro semifinalistas no futebol masculino. Isso significa que, das seleções que avançaram, apenas uma irá ficar sem medalha. Abaixo, você confere tudo sobre a próxima etapa, incluindo datas, locais e um resumo das quartas.


México x Brasil

Karim Eraky, Richarlison Seleção brasileira México Olimpíadas Tóquio Semifinal Futebol Masculino
Richarlison fez mais outro grande jogo defendendo as cores da seleção brasileira / Zhizhao Wu/Getty Images

Data: Terça-feira, 3 de agosto
Horário: 05h de Brasília

Na tentativa de conquistar o bicampeonato, a seleção brasileira aplicou 1 a 0 no Egito, gol de Matheus Cunha aos 37 minutos do primeiro tempo. Apesar da boa consistência defensiva dos adversários, os comandados de André Jardine conseguiram controlar grande parte do jogo e avançam às semifinais olímpicas pela quarta vez consecutiva.

Do outro lado, o México, carrasco da Canarinho na grande decisão da mesma competição em 2012, estará novamente no caminho dos brasileiros. O time nacional da América do Norte venceu a Coreia do Sul por 6 a 3, gols de Martin (duas vezes), Romo, Cordova (duas vezes) e Aguirre. Não teremos vida fácil...


Japão x Espanha

Rafa Mir Espanha Costa do Marfim Japão Olimpíadas Tóquio Futebol Semifinais
Espanha avançou à semifinal depois de uma partida eletrizante / Koki Nagahama/Getty Images

Data: Terça-feira, 3 de agosto
Horário: 08h de Brasília

Nem os 100% de aproveitamento na fase de grupos foram suficientes para evitar o sofrimento do Japão nas quartas de final. Depois de empate sem gols no tempo regular e prorrogação, os asiáticos venceram a Nova Zelândia nos pênaltis, por 4 a 2, com Ueda, Itakura, Nakayama e Yoshida convertendo aos anfitriões.

Espanha e Costa do Marfim, por outro lado, protagonizaram um dos jogos mais eletrizantes da modalidade até agora. Eric Bailly abriu o placar ainda aos 10 minutos do primeiro tempo, mas Dani Olmo tratou de deixar tudo igual aos 30. Os africanos ainda tiveram a chance de avançar, quando Gradel anotou na reta final da segunda parcial. Acontece que La Roja empatou cerca de dois minutos depois e foi às redes mais duas vezes na prorrogação. Olho neles...

facebooktwitterreddit