Copa do Brasil

Com recorde de público e Cano decisivo, o Fluminense derrota Cruzeiro no Mineirão e avança na Copa do Brasil

Bia Palumbo
Fluminense ganhou do Cruzeiro nos dois jogos das oitavas de final
Fluminense ganhou do Cruzeiro nos dois jogos das oitavas de final / DENIS DIAS/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

Maior campeão da Copa do Brasil com seis títulos, o Cruzeiro recebeu o Fluminense nesta terça (12) no Mineirão, mas encontrou dificuldades para frear o ímpeto do time de Fernando Diniz, que nem se intimidou com o recorde de público no estádio em 2022, construiu um placar de 3 a 0, chegou a seis vitórias consecutivas e aumentou para sete jogos a invencibilidade na temporada.

Após um primeiro tempo equilibrado, o Tricolor das Laranjeiras deslanchou no segundo tempo com gols de Jhon Arias, Germán Cano e Nathan.

Artilheiro do Brasil em 2022, Cano atingiu 27 gols na temporada e ainda deu assistência para o primeiro gol. E ainda teve bola na rede do meio-campista Nathan, contratado nesta temporada mas que ainda não conseguiu se firmar e tem sido bastante criticado. Ele entrou em campo aos 42 do segundo tempo e fechou o marcador seis minutos mais tarde. Eufórico, tirou a camisa e foi advertido.

O Fluminense aguarda o sorteio para saber quem vai enfrentar nas quartas de final. O Athletico-PR também venceu e está garantido na próxima fase. Além da classificação, a torcida tricolor tem mais motivo para comemorar, visto que Cano tornou-se o principal artilheiro da atual edição do torneio.

Casa cheia no Mineirão

A torcida celeste fez a parte dela - ao todo 58.844 pessoas foram ao estádio. Mesmo com a derrota parcial os cruzeirenses continuavam apoiando os donos da casa, reconhecendo o trabalho feito pelo técnico Paulo Pezzolano na temporada e a festa continuou após o apito final que decretou a eliminação. O Cruzeiro é o líder da Série B e tanto o elenco quanto a diretoria já citaram que o principal objetivo em 2022 é o acesso à elite do futebol brasileiro.

facebooktwitterreddit