Futebol brasileiro

Com multa milionária, Endrick renova contrato com o Palmeiras e treina sob olhar de Abel Ferreira

Wéverton Rodrigues
Estreia de Endrick no profissional do Palmeiras depende do técnico Abel Ferreira
Estreia de Endrick no profissional do Palmeiras depende do técnico Abel Ferreira / Alexandre Schneider/GettyImages
facebooktwitterreddit

Considerada uma das maiores joias do futebol brasileiro, Endrick, do Palmeiras, completa 16 anos nesta quinta-feira (21). Nesse sentido, a data ficou ainda mais importante com fato de o atacante ter assinado, bem no dia do seu aniversário, o primeiro contrato profissional da sua carreira, um vínculo de três anos.

"Vou continuar com humildade e pés no chão. É um sentimento de orgulho de colher o que plantei, o início de um novo ciclo. Palmeiras é o único clube que sempre acreditou em mim, me acolheu desde os 10 anos, quando fiz o teste, apostou em mim e assinar o contrato profissional é a prova viva disso. Para mim nunca está bom, quero sempre mais. O Palmeiras vai crescer cada vez mais, é o maior campeão do Brasil, o time do meu coração, vou ter gratidão pelo resto de minha vida. Não é fácil jogar aqui, é um time com muitos craques e admiro todos os atacantes do elenco, vejo a determinação e raça que eles têm. Vou aprender muito com eles, já recebi muitos conselhos quando vim treinar."

Endrick, atacante do Palmeiras

Sondado por clubes da Europa, ele tem multa contratual na casa dos 60 milhões de euros (aproximadamente R$ 336 milhões). Endrick foi artilheiro da Copinha - conquistando o título inédito até então na história alviverde - e na Copa do Brasil Sub-17. Agora ele está liberado para estrear na equipe principal. Ele já tinha treinado com o grupo e fica à disposição do técnico Abel Ferreira.

No Palmeiras desde 2017, Endrick se destacou, sobretudo, de 2021 pra cá, período em que soma 53 partidas disputadas e 36 gols anotados na base do Verdão. Ele já passou pelo Sub-15, Sub-17 e também pelo Sub-20.

facebooktwitterreddit