Brasileirao Série A

Com gol no último minuto, Inter aumenta drama do Avaí e sobe na tabela do Brasileirão

Bia Palumbo
Inter venceu fora de casa e ampliou sequência positiva no Brasileirão
Inter venceu fora de casa e ampliou sequência positiva no Brasileirão / R.Pierre/AGIF
facebooktwitterreddit

Perseverante. Assim pode ser definida a postura do Internacional de Pedro Henrique, que foi até Florianópolis encarar o Avaí e sofreu, mas foi mais eficiente do que o rival e volta para Porto Alegre com três pontos na bagagem graças a um gol de pênalti marcado no último lance do jogo.

O Colorado não vencia fora de casa há dois meses, desde junho, e ainda atingiu os 39 pontos, igualando o Corinthians, que fecha o G-4 do Brasileirão.

"Futebol é confiança. Essa tem sido uma temporada atípica para mim. Na Turquia bati bastante pênaltis e quando eu cheguei aqui esperei a oportunidade. Temos um grande batedor que é o Edenilson, pedi a ele para bater porque estava me sentindo bem. Pelo que construímos no jogo a vitória foi merecida. Foi um jogo de muito contato, o Avaí nos expôs muita dificuldade, mas soubemos acalmar os ânimos e botar a bola no chão até construir uma vitória importante."

Pedro Henrique, atacante do Inter

O Inter começou bem o jogo, enquanto o Avaí investia na bola parada, principalmente com Raniele, que bateu falta na trave, e Kevin, que quase marcou um gol olímpico, mas Keiller estava atento e espalmou. O técnico Mano Menezes ainda foi expulso por reclamação. Maurício teve boa chance em chute de fora da área no final do segundo tempo, mas finalizou para fora, e nos acréscimos Guerrero ganhou de Mercado na velocidade e bateu firme, porém o goleiro espalmou.

O Avaí tinha dificuldades para sair jogando, Jean Pyerre também se arriscou em cobrança de falta, mas não levou perigo. E o Inter continuou atacando, Alemão e Alan Patrick foram outros que arriscaram, mas ninguém conseguia incomodar Vladimir de fato. Até que Liziero jogou a bola na área, ela tocou no braço de Rafael Vaz e a árbitra Edina Alves Batista apontou para a marca da cal. Na hora o experiente zagueiro se lamentou, mas nem reclamou. Pedro Henrique, que entrou no segundo tempo, pegou a bola e encheu o pé, estufando a rede.

Além da derrota, o técnico Eduardo Barroca tem mais problemas para administrar até a próxima rodada, visto que o capitão (Bressan) e o artilheiro do time (Bissoli) vão cumprir suspensão porque receberam o terceiro cartão amarelo.

A lista de desfalques pode aumentar, visto que Kevin foi substituído no intervalo e, segundo informações divulgadas durante a transmissão da partida, o lateral que é titular da equipe sentiu desgaste. Resta saber se era um incômodo muscular ou se há lesão.

Primeiro time na zona de rebaixamento do Brasileirão, o Avaí (17º) volta a campo no sábado (27) para fazer "jogo de seis pontos" diante do Coritiba (18º), enquanto o Inter joga apenas na segunda (29), quando faz o clássico diante do Juventude no Beira-Rio.

facebooktwitterreddit