Brasileirao Série A

Com domínio de Atlético-MG, Bola de Prata elege melhores do Brasileirão 2021

Lucas Humberto
Galo exerceu domínio na tradicional premiação da ESPN
Galo exerceu domínio na tradicional premiação da ESPN / Pedro Vilela/GettyImages
facebooktwitterreddit

Emoção, goleadas, viradas, rebaixamentos, fim de jejum, ineditismo continental e polêmicas. 38 rodadas depois e o Campeonato Brasileiro 2021 está oficialmente encerrado. E, seguindo o costume de anos anteriores, chegou o momento de conhecer os vencedores da Bola de Prata, tradicional prêmio entregue pela ESPN aos melhores do torneio nacional tanto no masculino, quanto no feminino.

Iniciando pela faixa central do campo, os primeiros escolhidos foram os meio-campistas. Do lado dos homens, Raphael Veiga (Palmeiras) e Nacho Fernández (Atlético-MG) desbancaram Gustavo Scarpa. Do lado feminino, Tamires e Vic Albuquerque, ambas do Corinthians, levaram na mesma categoria. Por falar em domínio alvinegro, Arthur Elias faturou o prêmio de melhor técnico, assim como Cuca, que venceu pelo vitorioso trabalho na beira dos gramados do Galo.

Matías Zaracho (Galo) e Bruninha (Santos) foram eleitos como revelação. Na linha defensiva, Junior Alonso (Atlético-MG) e Léo Ortiz (RB Bragantino) conquistaram a premiação na categoria. Erika (Corinthians) e Agustina (Palmeiras) levaram devido aos feitos no torneio nacional feminino. Em termos de gols bonitos, o troféu ficou com Andreas Pereira (Flamengo), pelo golaço de falta, e Gabi Zanotti (Corinthians), que deixou uma pintura de bicicleta.

Junior Alonso Matias Zaracho Jair Atlético-MG Brasileirão Bola de Prata
Galo exerceu domínio na premiação / Pedro Vilela/GettyImages

Nas laterais, nova dobradinha paulista: Bruna Calderan (Palmeiras) e Yasmin (Corinthians). No lado masculino, domínio total de Minas Gerais: Mariano e Guilherme Arana, ambos do atual campeão brasileiro. Já com relação aos metros finais, mais uma edição do dérbi delas: a artilheira Bia Zaneratto (Verdão) e Gabi Nunes (Timão). O artilheiro Hulk (Galo) e Artur (RB Bragantino) venceram na mesma categoria. A Bola de Ouro histórica foi parar nas mãos da lendária Formiga.

Retornando ao meio-campo, a ESPN premiou os volantes Edenilson (Internacional) e Jair (Atlético-MG), bem como Carol Nogueira (São Paulo) e Andressinha (Corinthians). Os troféus de melhores goleiros ficaram com Everson (Galo) e Luciana (Ferroviária). A Bola de Ouro, taça individual mais cobiçada da premiação, foi dada para Bia Zaneratto (Palmeiras) e, sem muitas surpresas, Hulk (Galo). Com isso, as seleções ficaram da seguinte forma:

Seleção Bola de Prata (Masculino)

Everson; Mariano, Léo Ortiz, Junior Alonso e Guilherme Arana; Jair, Edenilson, Raphael Veiga e Nacho Fernández; Artur e Hulk.

Técnico: Cuca
Revelação: Zaracho

Seleção Bola de Prata (Feminino)

Luciana; Bruna Calderan, Erika, Agustina e Yasmin; Andressinha, Carol Nogueira, Vic Albuquerque e Tamires; Gabi Nunes e Bia Zaneratto.

Técnico: Arthur Elias
Revelação: Bruninha


E aí, torcedor, faria alguma alteração?

facebooktwitterreddit