Athletico-PR

Com baixas no elenco, Athletico-PR vai ao mercado em busca de novo centroavante

Lucas Humberto
Lesão de Matheus Babi e má fase de Renato Kayzer deixaram o Athletico-PR carente de um centroavante
Lesão de Matheus Babi e má fase de Renato Kayzer deixaram o Athletico-PR carente de um centroavante / HEULER ANDREY/Getty Images
facebooktwitterreddit

Alguém se habilita? O Athletico-PR está procurando um centroavante no mercado, em razão do momento vivido pelos dois principais representantes da posição no plantel: Matheus Babi não joga mais na temporada por conta de uma grave lesão, e Renato Kayzer viu seu desempenho despencar dentro das quatro linhas. Apesar de ter pedido o retorno de Guilherme Bissoli, que estava emprestado ao Cruzeiro, o Furacão deve buscar outro nome.

A intenção da diretoria era fazer três contratações pontuais no próximo mês para suprir as posições de zagueiro, volante e atacante de lado. Agora, um camisa 9 será incluído ao planejamento de negociações. O Furacão considera opções presentes no futebol sul-americano e europeu, embora o principal objetivo seja buscar um jogador em fim de contrato ou por empréstimo.

Atletas atuando no mercado interno também são visto como opções em potencial. Em menos de 12 meses, o Athletico desembolsou R$ 17 milhões nas tratativas envolvendo jogadores da posição. Kayzer (Cruzeiro) custou R$ 5 milhões aos cofres, enquanto Matheus Babi (Botafogo), comprado por R$ 12 milhões, saiu um pouco mais caro.

Athletico-PR Kayzer Matheus Babi Centroavante
Kayzer sofreu uma queda brusca de produção no Athletico-PR / RODOLFO BUHRER/Getty Images

Com quatro gols e uma assistência em 23 jogos, Babi vinha sendo titular, mas acabou sofrendo uma grave contusão na partida contra o Internacional. O período de recuperação estimado varia entre seis e oito meses, ou seja, a temporada chegou ao fim para o jogador de 24 anos. Kayzer, por sua vez, teve uma queda brusca de rendimento na atual campanha, tendo apenas três gols em 21 duelos - o último tento foi marcado no início de junho, contra o Avaí, pela Copa do Brasil.

facebooktwitterreddit