Com baixa de Arana, Atlético-MG pode improvisar zagueiro ou promover estreia de jovem diante do Botafogo

Fabio Utz
Pedro Vilela/Getty Images
facebooktwitterreddit

A rodada 23 do Campeonato Brasileiro já tem início neste meio de semana. Enquanto alguns times estarão em campo pela Libertadores, o líder Atlético-MG disputa jogo contra o Botafogo, na quarta-feira. E para esta partida, além das baixas por Covid-19, a equipe não terá o lateral-esquerdo Guilherme Arana, suspenso. Com isso, naturalmente surgem duas opções.

Pedro Vilela/Getty Images

Como Alan Franco, que poderia fazer a função pelo lado cumpre quarentena, a primeira alternativa é improvisar Junior Alonso no setor. Ele é canhoto e jogou nesta posição, por exemplo, nos recentes duelos da seleção paraguaia pelas eliminatórias sul-americanas da Copa do Mundo, diante de Argentina (1 a 1) e Bolívia (2 a 2). Neste caso, a dupla de zaga seria formada por Bueno e Igor Rabello.

Pedro Vilela/Getty Images

Outra saída é dar chance ao garoto Samuel Toscas, que é lateral-esquerdo e faz parte do grupo de transição. Aos 21 anos, ele esteve no banco de reservas no empate em 2 a 2 com o Ceará, no último domingo, e poderá fazer sua estreia na equipe profissional. O Atlético-MG tem 39 pontos e fica à frente do Flamengo na tabela de classificação apenas pelo maior número de vitórias - 12 a 11. O jogo contra o Fogão será realizado no Mineirão.

Para mais notícias do Atlético Mineiro, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit