Cinco brasileiros que foram um fracasso na Premier League

Robinho, Kamil Zayette
Manchester City v Hull City | Jed Leicester/Getty Images

Campeonato nacional mais competitivo e badalado do futebol mundial, a Premier League conta, atualmente, com uma legião de jogadores brasileiros de altíssimo nível e relevância para seus respectivos clubes: Roberto Firmino, Fabinho e Alisson, no Liverpool; Fernandinho, Gabriel Jesus e Ederson no Manchester City; Fred no Manchester United e por aí vai.

No geral, a jornada de brasileiros pela terra da rainha costuma ser um sucesso, mas há casos de exceção. A seguir, listaremos cinco jogadores nossos que foram um verdadeiro fiasco por lá:

Kleberson

Kleberson
Peterborough United v Manchester United | Laurence Griffiths/Getty Images

Revelado pelo Furacão, o talentoso volante fez parte do grupo verde e amarelo que conquistou a Copa do Mundo de 2002, o que alavancou (e muito!) seu currículo e o colocou no radar de grandes clubes da Europa. Acabou sendo contratado pelo Manchester United em 2003, anunciado lado a lado com Cristiano Ronaldo. O luso tornou-se ídolo, enquanto o brasileiro despediu-se de Old Trafford após duas temporadas, com apenas 30 jogos disputados.

Alexandre Pato

Aston Villa v Chelsea - Premier League
Aston Villa v Chelsea - Premier League | James Baylis - AMA/Getty Images

A passagem de Alexandre Pato pelo Chelsea é o tipo de movimentação de mercado que hoje, anos depois, nos fazem questionar: aconteceu mesmo ou foi uma alucinação coletiva? O ano era 2016 e o Corinthians, que detinha seus direitos econômicos, tentava 'empurrá-lo' a qualquer custo para compensar o alto investimento malsucedido. Veio então o empréstimo ao clube londrino, pelo qual Pato disputou apenas dois jogos (131 minutos), com um gol anotado.

Nenê

Nene
West Ham United v Chelsea - Premier League | Clive Rose/Getty Images

O 'vovô' do futebol brasileiro, atualmente no Fluminense, tem um currículo extenso e marcado pelos múltiplos mercados explorados: da Espanha à França, passando por Mundo Árabe e Inglaterra também. Sua experiência na terra da rainha foi em 2015, mas de curtíssimo prazo, disputando somente oito jogos com a camisa do West Ham entre fevereiro e julho daquele ano.

Robinho

Robinho
Manchester City v Blackburn Rovers - Premier League | Alex Livesey/Getty Images

Contratado a peso de ouro pelo Real Madrid em 2005, o 'Menino da Vila' não conseguiu se firmar na Espanha e acabou negociado em definitivo ao Manchester City em 2008, onde supostamente teria menor concorrência e mais espaço para mostrar seu futebol. O início foi muito bom, com o atacante anotando 14 gols na Premier League 2008/09. Contudo, não conseguiu repetir os bons números nos anos seguintes, perdendo espaço com Mancini e se despedindo do clube após 53 jogos.

Ricardinho

O Middlesbrough teve muito sucesso ao apostar em um meia brasileiro no final dos anos 90, encontrando um ídolo no baixinho Juninho Paulista. Em 2004, o Boro tentou 'repetir a dose' e contratou o badalado Ricardinho, campeão do mundo com a Seleção Brasileira em 2002. Mas o desfecho dessa investida foi totalmente diferente em relação à primeira: rescisão de contrato após poucos meses de casa e raras oportunidades como titular.