Opinião

Chile ou Uruguai: qual é o melhor adversário para o Brasil nas quartas da Copa América

Nathália Almeida
Brasil aguarda para conhecer quem será seu adversário nas quartas
Brasil aguarda para conhecer quem será seu adversário nas quartas / MB Media/Getty Images
facebooktwitterreddit

Invicta na Copa América - com campanha de 10 pontos conquistados em 12 possíveis na fase de grupos -, a Seleção Brasileira acompanha nesta segunda-feira (28), "de camarote", o desfecho do grupo A da competição. Nesta noite, conheceremos o adversário da Canarinho nas quartas de final, sendo duas as alternativas possíveis: Chile ou Uruguai.

O Chile já fez todos os seus jogos na fase classificatória, ocupando a 3ª colocação de momento, com cinco pontos. O Uruguai é o atual quarto colocado com 4 pontos, e joga contra o Paraguai nesta rodada derradeira da Copa América. Caso a Celeste Olímpica seja derrotada, enfrentará o Brasil nas quartas. Empate ou vitória uruguaia empurra o Chile para a quarta posição do grupo, o que garante um encontro da Canarinho com a Roja.

A pergunta que fica é: para qual resultado a Seleção Brasileira deve torcer?

uruguai copa america
Uruguai não faz uma grande Copa América até aqui / MB Media/Getty Images

Em qualidade de elenco e em futebol jogado, a Seleção Brasileira é favorita contra chilenos ou uruguaios. No entanto, o jogo da Canarinho tende a fluir melhor contra a Roja, que vem adotando uma postura um pouco menos reativa em comparação ao Uruguai: apesar de contar com mais jogadores talentosos em seu ataque - Luis Suárez e Edinson Cavani são verdadeiras lendas e muito diferenciados tecnicamente -, a Celeste opta por um estilo de jogo mais conservador e defensivista, estratégia que costuma causar problemas ao time verde e amarelo.

Enfrentar adversários muito fechados não é algo incomum para a Seleção Brasileira: tem se deparado com esse tipo de "situação de jogo" com frequência em Eliminatórias e na própria Copa América. No entanto, não há dúvidas de que uma retranca uruguaia é um teste de fogo que o Brasil deve tentar evitar nessas quartas de final. Contra o Chile, o futebol da Canarinho casa melhor, já que a Roja de Martín Lasarte joga e deixa jogar.

facebooktwitterreddit