Chicão revela que recebeu proposta do Palmeiras antes de ir para o Corinthians

FBL-ASIA-WCLUB-2012
FBL-ASIA-WCLUB-2012 | TORU YAMANAKA/Getty Images

No final da temporada 2007, Chicão era um dos principais destaques do Figueirense, da série A do Brasileirão. Artilheiro do time no campeonato, o zagueiro marcou 10 gols e chamou a atenção de outras equipes do futebol brasileiro. O jogador escolheu o Corinthians, clube do coração. Porém, poderia ter tido um destino bem diferente.

Isso porque o Palmeiras tentou atravessar a contratação. Pelo menos é o que contou o próprio zagueiro, em entrevista ao Canal do Nicola.

Inclusive, teve um treinador do arquirrival que tentou me tirar do Corinthians. Isso o Antônio Carlos Zago até contou em uma entrevista dele. Mas eu falei que já tinha dado a minha palavra, o dinheiro poderia ser maior, mas não ia voltar atrás. Até porque eu estava correndo atrás de realizar meu sonho que é jogar no meu clube de coração.

contou Chicão.

Esse treinador seria nada menos que Vanderlei Luxemburgo. À época, no começo de 2008, o Timão enfrentava um momento difícil, preparando-se para disputar a série B do Campeonato Brasileiro. Apesar de, financeiramente, a proposta palmeirense ser até superior, o ex-zagueiro preferiu manter a palavra com Zago e defender o time do coração de toda sua família.

Foi direto com o clube (as tentativas). O próprio Vanderlei (Luxemburgo) já falou isso, que ele em 2008 tentou atravessar a negociação. Faz parte. Mas eu já tinha dado a palavra com o Antônio. O dinheiro poderia ser maior, o clube tava na série A. Mas eu dei minha palavra, não ia voltar. E também jogar no clube de coração não tinha preço.

revelou Chicão.
Chicão, Robinho
Flamengo v Santos - Brasileirao Series A 2014 | Matthew Stockman/Getty Images

E parecia que o Palestra queria mesmo o Chicão. Em 2014, após uma temporada no Flamengo, o clube paulista voltou a contatá-lo. Porém, Chicão revela que nem quis ouvir a proposta.

Quando houve a consulta eu já disse que 'não' e nem quis saber sobre valores.

revelou Chicão.

Tudo isso porque o atleta não queria perder o prestígio com a torcida do Corinthians. De acordo com ele, teria que construir toda uma história novamente no Palmeiras. Então, em respeito a ambos e à torcida do Timão, que o vê como ídolo, Chicão preferiu nem chegar perto do clube alviverde.

O jogador revela que alguns jogadores o criticaram, principalmente por 'perder dinheiro', mas o atleta cita que "não tem preço ser ídolo do time do Coração" e que ele já ganha uma certa quantia sempre que é convidado para eventos como o "Chicão do Corinthians".

Já imaginou o Chicão com a camisa do Palmeiras?