Futebol Internacional

Chelsea oficializa venda do clube e marca fim da Era Abramovich: 'Legado que criamos juntos'

Lucas Humberto
Adeus de Abramovich coloca ponto final no período que mudou o Chelsea de patamar para sempre
Adeus de Abramovich coloca ponto final no período que mudou o Chelsea de patamar para sempre / BEN STANSALL/GettyImages
facebooktwitterreddit

Novos rumos na história do Chelsea. Neste sábado (28) o gigante londrino oficializou a venda do clube ao consórcio liderado pelo bilionário Todd Boehly e a empresa de investimentos Clearlake Capital. Segundo informações do comunicado, a transação de £4,25 bilhões (aproximadamente R$ 25,5 bilhões na cotação atual) será completada na segunda.

Algumas horas depois do anúncio, Roman Abramovich, antigo proprietário dos Blues, publicou uma emocionante carta de despedida. No texto, o oligarca russo desejou sorte aos novos donos e deixou especiais agradecimentos a torcedores e funcionários. Ele precisou se desfazer do time em razão das sanções impostas pelo governo do Reino Unido contra pessoas ligadas a Putin.

Mason Mount Chelsea Todd Boehly Roman Abramovich Premier League
Blues devem protagonizar importantes movimentações de mercado na janela de verão / Robbie Jay Barratt - AMA/GettyImages

"A propriedade desse clube vem com grandes responsabilidades. Meu objetivo era garantir que o próximo dono tivesse a mentalidade para garantir o sucesso das equipes e continuar a desenvolver outros aspectos do clube"

Abramovich em carta de despedida

Nos últimos dias, o rápido andamento no processo de aquisição indicava que logo estaria tudo dentro dos conformes. Na terça, veio a aprovação da Premier League após aplicação do teste de "proprietários e diretores" aos novos mandatários. No dia seguinte, o Chelsea recebeu o aval do governo britânico. Faltava apenas anunciar.

 Todd Boehly Roman Abramovich Chelsea Premier League
Todd Boehly venceu a concorrência de vários outros bilionários / GLYN KIRK/GettyImages

No total, o consórcio de Todd Boehly vai pagar £ 2,5 bilhões para adquirir as ações da instituição esportiva. A quantia será depositada em uma conta bancário no Reino Unido que, posteriormente, será congelada. A intenção é destinar todo o valor para causas de caridade. São esperados outros £ 1,75 bilhão em investimentos no clube de Stamford Bridge. Novas contratações vindo aí?

Leia a carta de despedida de Abramovich na íntegra

"Ter sido dono deste clube me trouxe grandes responsabilidades. Desde que cheguei ao Chelsea, quase 20 anos atrás, percebi rapidamente o que poderíamos alcançar. Meu objetivo era garantir que o próximo dono tivesse uma mentalidade vencedora, passando pelos times masculino e feminino, bem como continuar com o desenvolvimento de outros pontos-chave do clube, como a nossa base e o trabalho vital que a Chelsea Foundation promove.

Estou muito orgulhoso de ver que essa busca chegou a um desfecho bem sucedido. Enquanto entrego o Chelsea a seus novos donos, gostaria de desejá-los toda a sorte do mundo, dentro e fora de campo.

Foi uma honra que marcou a minha vida estar envolvido nessa história. Agradeço imensamente aos jogadores e pessoas que fizeram parte disso, e claro, à torcida, por esses anos incríveis.

Milhões de pessoas serão beneficiadas pela nossa instituição de caridade que está sendo estabelecida. É esse o legado que criamos juntos".

facebooktwitterreddit