Transferências

Chelsea estuda pagar mais de R$ 600 milhões para tirar meia do Borussia Dortmund, diz jornal

Lucas Humberto
Boehly não quer correr o risco de perder o meia para concorrentes diretos
Boehly não quer correr o risco de perder o meia para concorrentes diretos / Alex Pantling/GettyImages
facebooktwitterreddit

Fortemente ventilado em vários gigantes europeus, Jude Bellingham está no centro de outra potencial grande negociação. Segundo informações do jornal The Sun, o Chelsea estaria disposto a pagar 100 milhões de libras (cerca de R$ 600 milhões) ao Borussia Dortmund para ter o meio-campista de 19 anos no elenco.

Todd Boehly, sucessor de Roman Abramovich em Stamford Bridge, é um grande fã do talentoso inglês e, por isso, estaria disposto a pagar mais que o estipulado pelo aurinegros para não correr o risco de perdê-lo para concorrentes diretos. Nos últimos meses, Bellingham esteve na mira de Liverpool e Manchester United.

De acordo com apuração da imprensa estrangeira, o clube da Bundesliga pediu 87 milhões de euros (R$ 457 milhões) para liberar o jogador, um montante considerado acessível para os interessados. De qualquer maneira, os possíveis negócios envolvendo o meia só devem ser materializados no próximo mercado de verão, ou seja, no meio de 2023.

Desde sua chegada, em 2020, Bellingham tornou-se um pilar do Borussia Dortmund. Na última temporada, por exemplo, o atleta esteve ausente em apenas duas partidas. Tamanha qualidade o levou a ser um nome frequente das convocações de Gareth Southgate. Ele está entre os cotados para aparecer na lista final da seleção inglesa para a Copa do Mundo do Catar.

Jude Bellingham, meia do Borussia Dortmund e da Inglaterra
Bellingham é uma importante peça de Southgate / Shaun Botterill/GettyImages
facebooktwitterreddit