Champions League

Chelsea e Manchester City surpreendem em escalações para a final da Champions; confira

Nathália Almeida
Guardiola e Tuchel surpreenderam na escalação inicial
Guardiola e Tuchel surpreenderam na escalação inicial / Laurence Griffiths/Getty Images
facebooktwitterreddit

Os dias que antecedem a decisão da Champions League costumam ser marcados por uma série de jornalistas e veículos esportivos tentando descobrir e decifrar qual será a escalação escolhida pelas comissões técnicas dos finalistas. E apesar de quase todas as prévias/pré-jogos de Chelsea e Manchester City apontarem para uma 'unanimidade', elas estavam erradas: temos surpresas no XI inicial dos dois times ingleses para a grande final europeia.

Pelo lado do time londrino, o técnico Thomas Tuchel surpreendeu ao escolher o jovem atacante Kai Havertz para iniciar entre os titulares. O 'sacrificado' para a entrada do alemão foi o ponta norte-americano Christian Pulisic que, de fato, não faz uma grande temporada com a camisa azul. Desta forma, o Chelsea vai a campo com: Mendy; Azpilicueta, Thiago Silva, Rüdiger; Reece James, Kanté, Jorginho, Ben Chilwell; Mount, Werner, Havertz.

Mas Guardiola também tinha um 'truque' reservado para esta tarde de sábado (29), promovendo a campo uma formação teoricamente muito ofensiva, sem Fernandinho ou Rodri, e com o inglês Raheem Sterling entre os titulares. O City vai para a final europeia com: Ederson; Walker, Rúben Dias, John Stones, Zinchenko; Gündogan, Kevin de Bruyne, Bernardo Silva; Mahrez, Sterling, Foden.

A bola rola no Estádio do Dragão a partir das 16h de Brasília.

facebooktwitterreddit