Futebol Internacional

Chelsea campeão mundial! Havertz decide e time conquista o título inédito contra o Palmeiras

Bia Palumbo
Kai Havertz: herói do título da Champions e do Mundial de Clubes
Kai Havertz: herói do título da Champions e do Mundial de Clubes / Matthew Ashton - AMA/GettyImages
facebooktwitterreddit

Deu Chelsea! Autor do gol na final da Champions League, diante do Manchester City, o alemão Kai Havertz novamente brilhou em um jogo importante e marcou o gol do título sobre o Palmeiras, por 2 a 1, neste sábado (12) no Estádio Mohammed Bin Zayed, nos Emirados Árabes.

O jogo foi decidido na prorrogação, o enredo lembrou a final da Libertadores, quando o alviverde também empatou no tempo normal e depois Deyverson saiu do banco para fazer o gol do título contra o Flamengo. Desta vez, no entanto, o final feliz foi para o time inglês. O camisa 9 até entrou no fim, mas não teve nenhuma chance clara.

FBL-UAE-CLUB-WORLD-CUP-PALMEIRAS-CHELSEA
Lukaku provou mais uma vez que é um carrasco dos brasileiros / KARIM SAHIB/GettyImages

Abel Ferreira repetiu a escalação da semifinal e Rony foi o que mais apareceu no primeiro tempo e o mesmo Raphael Veiga que abriu o placar contra o Al Ahly balançou a rede mais uma vez. Ele converteu pênalti cometido por Thiago Silva, que tocou com a mão na bola em disputa pelo alto com Gustavo Gómez.

Já Thomas Tuchel trocou quatro jogadores em relação à vitória por 1 a 0 sobre o Al Hilal. Um dos que entraram foi o atacante Hudson-Odoi, que cruzou a bola para Lukaku, de cabeça, tirar o zero do marcador. Além do atacante, também começaram jogando o goleiro Mendy e os meio-campistas Kanté e Mason Mount, deixando Kepa, Jorginho, Marcos Alonso e Ziyech no banco. Ainda no primeiro tempo o camisa 19 sentiu e então o técnico alemão acionou Pulisic.

Romelu Lukaku
Lukaku na rede: o momento do primeiro gol em Abu Dhabi / Matthew Ashton - AMA/GettyImages

Agora são 10 clubes diferentes campeões do Mundial de Clubes segundo a Fifa, ou seja, desde 2000, sendo que o Real Madrid possui quatro títulos, seguido por Barcelona (3), Bayern de Munique e Corinthians (2), Internacional, Inter de Milão, Liverpool, Milan e Manchester United (1).

Como foi o jogo

Após um primeiro tempo equilibrado, com o Verdão ocupando o campo adversário por ambos os lados, principalmente com Rony pela direita e com Dudu, que teve boa oportunidade aos 23 minutos mas o chute cruzado e rasteiro saiu à esquerda do gol.

Os Blues, por sua vez, aproveitavam mais o lado de Piquerez, sendo que tanto Havertz quanto Mount apareceram por lá criando jogadas de perigo. O inglês e Pulisic, que entrou no lugar dele, tiveram boas chances em faltas perto da área, mas nenhum dos dois foi preciso e Weverton trabalhou mais quando o brasileiro Thiago Silva arriscou e o goleiro espalmou para escanteio.

Weverton, Christian Pulisic
Chelsea perdeu Mount logo no primeiro tempo e Pulisic foi para o jogo / Matthew Ashton - AMA/GettyImages

Os gols saíram no segundo tempo, sendo que o primeiro foi logo aos 9 minutos. O time inglês começo melhor, Rüdiger arriscou de fora da área e em seguida o Chelsea explorou o lado esquerdo, Kovacic mandou para Hudson-Odoi e dele veio o cruzamento que Lukaku concluiu com precisão ao subir mais do que Luan.

O Palmeiras não se intimidou com o gol sofrido e o empate surgiu também após um cruzamento, mas desta vez o VAR interveio porque o árbitro australiano Chris Beath não viu o toque de mão de Thiago Silva, mas revisou o lance na cabine à beira do gramado e então Veiga deslocou Mendy e acertou o canto esquerdo do senegalês. A partida continuou movimentada, mas ninguém marcou, então houve prorrogação para decidir quem levaria o título.

FBL-UAE-CLUB-WORLD-CUP-PALMEIRAS-CHELSEA
Disputa de bola entre zagueiros das seleções brasileira e paraguaia na decisão do Mundial de Clubes / GIUSEPPE CACACE/GettyImages

O cansaço tomou conta de ambas as equipes, tanto que poucas chances foram criadas no tempo extra, mas novamente uma bola cruzada na área decidiu o jogo. Desta vez, Azpilicueta quem chutou, a bola tocou em Luan, que estava de costas e com o braço esticado, então a arbitragem mandou seguir, porém voltou atrás ao ser alertado pela equipe de vídeo e ainda advertiu o zagueiro palmeirense.

facebooktwitterreddit