Brasileirao Série A

Chances de título, elenco e Seleção Brasileira: as frases mais marcantes de Cuca na volta ao Atlético-MG

Matheus Nunes
Após título em 2021 pelo Galo, Cuca vai em busca do bicampeonato brasileiro
Após título em 2021 pelo Galo, Cuca vai em busca do bicampeonato brasileiro / DOUGLAS MAGNO/GettyImages
facebooktwitterreddit

A terceira passagem de Cuca como técnico do Atlético-MG começou nesta terça-feira (26), dia da apresentação e do primeiro treino com o elenco após sete meses longe do futebol. Multicampeão pelo clube em 2021, ele assume o cargo que era de Antonio Mohamed, argentino demitido mesmo após ter conquistado cerca de dois títulos em seis meses - Campeonato Mineiro e Supercopa do Brasil.

"É um tema interessante. O posto de treinador de seleção é dado a quem tem o melhor desempenho, quem vive grande momento e conquista. É isso que os técnicos buscam automaticamente nos clubes. Não sou fissurado nisso."

Cuca sobre Seleção Brasileira

Cuca tem como missão conquistar o bicampeonato do Brasileirão. Segundo dados da UFMG, que calcula probabilidades no futebol, o Atlético tem menos de 4% de chance de levantar a taça, mas o novo técnico adota um tom otimista.

"Tem que ganhar no mínimo 15 partidas. São 45 pontos, junto com 32, daria 77. E ainda torcer, no caso do Palmeiras, não fazer 78. Ele tem 39, não fazer mais 39. Tudo é número. É fácil falar 'Vamos ganhar 15 partidas, legal!'. São 19 (jogos), não é assim. Agora não é mais começo do campeonato, tem que ser jogo a jogo. Lá domingo contra o Internacional. É o cálculo que a gente tem, buscar o melhor lá contra o Internacional."

Cuca, técnico do Atlético-MG

O Galo terminou o primeiro turno da Série A na 4ª posição, com 32 pontos. O novo comandante da equipe parece está motivado para o reinício de trabalho no Alvinegro. Ele acredita que o elenco está mais forte do que na sua última passagem, apesar de não conhecer a fundo os recém-contratados nesta janela de transferências.

"Nós temos um turno pela frente, são 19 jogos no Brasileiro, e Deus queira, mais cinco da Libertadores em praticamente 100 dias. O nosso elenco é ainda mais forte numérica e tecnicamente do que era ano passado. Não tem outro ingrediente que não seja trabalho, sacrifício, entregar o máximo em cada treinamento para poder colocar em prática em jogos."

Cuca, técnico do Atlético-MG

"Eu recebi um chamado dos diretores e não tinha como negar. Se eu falasse “não” em um momento que o Atlético precisa de mim, eu acho que não seria justo com o que eles tanto fizeram por mim, não só os diretores, mas principalmente o Clube Atlético Mineiro em toda a minha trajetória. Nem assinei o contrato, não estou preocupado com isso. Recebi um chamado do Rodrigo, dos diretores. Não seria justo falar não ao Atlético neste momento, a um clube que fez tanto por mim. Nossa história é muito grande. "

Cuca, técnico do Atlético-MG

"O VAR veio para ajudar a arbitragem e tem cumprido esse papel, mas eu acho que é muita linhazinha no detalhe, não precisava ser tão assim. De repente esses ajustes irão acontecer para o futebol fluir mais rápido. "

Cuca sobre arbitragem
facebooktwitterreddit