Champions League

Champions League: relembre 10 viradas históricas no século 21

Wéverton Rodrigues
O brasileiro Neymar comandou a maior virada da história da UCL
O brasileiro Neymar comandou a maior virada da história da UCL / Etsuo Hara/GettyImages
facebooktwitterreddit

A atual edição da Champions League definitivamente já entrou para a história do torneio. O principal destaque não poderia ser outro senão as improváveis reviravoltas do Real Madrid, sobretudo, contra o PSG, nas oitavas de final, e Manchester City, nas semifinais (quando perdia por 2 a 0 e 5 a 3, respectivamente, no agregado e foi em busca de três gols para virar a partida).

Com o jogo indo para prorrogação e tudo, o jogo contra os ingleses, por exemplo, certamente foi um dos maiores da história do clube. Ambos aqui entram no ranking das vitórias de virada mais incríveis da história recente do torneio, onde o improvável precisou acontecer para que as equipes pudessem seguir perseguindo o sonho de conquistar a sempre tão querida e bem quista 'Orelhuda'.

10. Roma x Barcelona (Quartas de final - 2017/18)

Roma'
Este foi o maior triunfo da Roma em jogos de Liga dos Campeões na história / COOPER NEILL/GettyImages

Nas quartas de final daquela edição, a vitória do Barcelona no primeiro jogo por de 4 a 1 colocou o time catalão em tranquilidade para o jogo de volta, em campos italianos, contra a Roma. Mas como sempre batemos na tecla, o improvável é algo que está intrínseco ao futebol. Com o gol fora de casa ainda como critério, Dzeko, De Rossi e Manolas fizeram o que o time da capital precisava para conquistar uma das viradas mais interessantes dos últimos anos da Champions. Apesar da tradição no torneio, desta vez o Barça não resistiu ao revés e foi eliminado.

9. Monaco x Manchester City (Oitavas de final - 2016/17)

Kylian Mbappe
Mbappé, que defendia o Monaco na época, ajudou no triunfo do time francês sobre o City / Jean Catuffe/GettyImages

Ainda contando com Kylian Mbappé, o Monaco fez certamente aquela que é a sua mais expressiva atuação em jogos de Liga dos Campeões da história. Nas oitavas de final daquela edição, o time francês perdeu o primeiro jogo para os comandados de Pep Guardiola por de 5 a 3. A volta, realizada no Ettihad Stadium, não contava, porém, com um jogo que até hoje representa uma dor de cabeça para os Citizens. Também por causa do critério do gol fora de casa, o 3 a 1 no placar em favor do alivrrubro impediu o City de chegar às quartas de final daquele ano e, assim, continuar tentando um título inédito de sua vitrine.

8. Juventus x Atlético de Madrid (Oitavas de final 2018/19)

Cristiano Ronaldo
Autor de um hat-trick, Cristiano Ronaldo foi o nome daquela partida / Eurasia Sport Images/GettyImages

Mesmo saindo da Espanha, Cristiano Ronaldo continuou dando pesadelos ao Atlético de Madrid. Com 2 a 0 em desvantagem, a Juve fez um 3 a 0 no Juventus Stadium, com direito a três gols do português, e avançou às quartas de final daquele ano.

7. Real Madrid x PSG (Oitavas de final - 2021/22)

Real Madrid, Paris Saint-Germain, Champions League
Benzema marcou 3 gols e foi o grande responsável pela classificação heróica do Real / Anadolu Agency/GettyImages

Como citado, o Real Madrid já se reinventou algumas vezes nesta temporada para chegar à grande final nesta temporada. Após vencer a primeira partida por 1 a 0 com gol de Mbappé, o PSG saiu na frente no Santiago Bernabéu e, com o 2 a 0 no agregado, praticamente selou a classificação para as quartas. Isso não fosse a inspirada temporada do atacante francês Benzema que, com um hat-trick, colocou o time merengue na próxima fase e ensandeceu o estádio.

6. Real Madrid x Monaco (Quartas de final - 2003/04)

Raul, Zidane
Apesar de time recheado de craques, o Real Madrid foi superado pelo Monaco / Etsuo Hara/GettyImages

Ainda na era Zidane, o Real Madrid também teve seus momentos de decepção no torneio do qual é o maior vencedor até hoje. Um deles aconteceu com o time liderado pelos 'galácticos' em 2002, quando os merengues tiveram que enfrentar o Monaco nas quartas de final da competição europeia. Jogo da ida, Santiago Bernabéu, partida controlada: 4 a 2 para os mandantes. Jogo da volta, Stade Louis II, grande noite de Ludovic Giuly, autor de dois gols naquela partida que colocou o Monaco nas semifinais ao superar os merengues por 3 a 1.

5. Deportivo La Coruña x Milan (Quartas de final - 2003/04)

Kaka, Milan
O brasileiro Kaká estava em campo naquela derrota / Getty Images/GettyImages

Com Kaká, Maldini e Shevchenko no elenco, o Milan era favorito contra o La Coruña. Tanto é que liquidou a primeira partida das quartas de final daquela Liga dos Campeões por 4 a 1, em jogo realizado no em San Siro. Na volta, porém, Pandiani, Valeron, Luque e Fran (este já nos instantes finais) surpreenderam e eliminaram os rossoneri da competição.

4. Liverpool x Barcelona (Semifinal - 2018/19)

Jürgen Klopp
Liverpool elimina Barcelona em virada histórica / Visionhaus/GettyImages

Os milagres também estão a favor dos times ingleses. Afinal, nada como aquela partida entre Liverpool e Barcelona, em Anfield, em que o time inglês havia sofrido uma dura derrota por 3 a 0 no Camp Nou e, assim, precisava reverter se quisesse avançar para a final do torneio. Em jogo eletrizante, os Reds aplicaram 4 a 0 no time catalão e fizeram história na Liga dos Campeões virando a partida na edição em que conquistaram o sexto título do torneio.

3. Ajax x Tottenham (Semifinais - 2018/19)

Lucas Moura, Dele Alli
O brasileiro Lucas foi o grande nome da partida em Amsterdã / Dan Mullan/GettyImages

Escalando sorrateiramente na competição, o Ajax chegou à semifinal daquela edição e, por muito pouco, não beliscou uma vaga na final do torneio. Com o 1 a o dos comandados de Erik Ten Hag venceu no jogo da ida, o Tottenham preciso contar com a esplêndida atuação do brasileiro Lucas Moura, que marcou três gols na partida, para fazer história e eliminar Frenkie De Jong, Matthijs de Ligt e Dusan Tadic juntamente com o time holandês.

2. Real Madrid x Manchester City (Semifinais - 2021/22)

Rodrygo, Vinicius Junior
Rodrygo foi o grande nome da partida no Santigo Bernabeu / Soccrates Images/GettyImages

O revés do City nas semifinais desta temporada para o Real Madrid foi, certamente, um dos piores da sua história. Após vencer o clube madridista por 4 a 3 na primeira partida, os comandados de Guardiola foram para o Santiago Bernabéu precisando apenas empatar para chegar à decisão. Acontece que, apesar de ter feito um gol com Mahrez e saído em vantagem, o Manchester viu o brasileiro Rodrygo entrar na partida no final da segunda etapa do jogo e marcar os dois gols que levaram o jogo para a prorrogação. Karim Benzema, de pênalti, decretaria ainda o 3 a 1 e o grande triunfo de Carlo Ancelotti para adiar o sonho do título inédito para os Citizens.

1. Barcelona x PSG (Oitavas de final - 2016/17)

Neymar Jr
Com atuação incrível, Neymar ajudou o Barcelona a eliminar o PSG no Camp Nou / Jean Catuffe/GettyImages

A maior virada de todos os tempos na história da Champions League teveNeymar como protagonista nos tempos de Barça. Naquela oportunidade, o PSG venceu o Barcelona por 4 a 0 no Parc des Princes. Na volta aconteceu um dos jogos mais marcantes da história, o 6 a 1 com direito a dois gols do brasileiro, um de Messi e um de Suárez reflete um pouco o que foi a partida. Final de jogo e mais uma edição sem título para o time francês, que saiu de campo humilhado em virtude da derrota sofrida.

facebooktwitterreddit