Champions League

Por que Barcelona, Atlético de Madrid e Sevilla devem torcer pelo Real Madrid na decisão da Champions League

Lucas Humberto
Resultado da Champions influencia diretamente na configuração do sorteio da próxima edição do torneio europeu
Resultado da Champions influencia diretamente na configuração do sorteio da próxima edição do torneio europeu / Angel Martinez/GettyImages
facebooktwitterreddit

A tarde deste sábado (28) será histórica para duas das maiores torcidas do mundo: Liverpool e Real Madrid, finalistas da Champions League. Mas, bem longe do Stade de France, em Paris, alguns clubes espanhóis, embora rivais diretos dos merengues, têm motivos de sobra para torcer pelo sucesso de Carlo Ancelotti e seus comandados.

Real Madrid Liverpool Champions League LaLiga Barcelona
Merengues durante treinamento para enfrentar o Liverpool / Marc Atkins/GettyImages

Por mais controverso que pareça, Barcelona, Atlético de Madrid e Sevilla podem se beneficiar do triunfo dos Blancos. A razão é bem simples: se levar a Orelhuda para Anfield, o Liverpool entrará no primeiro pote para o sorteio da próxima edição da Liga dos Campeões. Como as equipes de LaLiga estão no pote dois, pode haver um cruzamento logo na primeira etapa.

Atual campeão espanhol, os merengues, independente do resultado da Champions, estão garantidos no pote um. Contudo, devido ao regulamento, o clube não pode enfrentar os demais classificados de LaLiga na fase de grupos. Se vencer hoje, o Real Madrid empurra os Reds ao segundo pote e impede também o confronto com culés, colchoneros e Sevilla.

Ansu Fati Barcelona Real Madrid LaLiga Liverpool Champions League
Culés foram vice-líderes da última edição de LaLiga / Steve Christo - Corbis/GettyImages

Quem ocupará o lugar do Liverpool, pensando no possível triunfo dos Blancos, será o Ajax. E, apesar da qualidade inquestionável do gigante holandês, é certo que se trata de um adversário bem menos complexo. Pelo menos na teoria. Por ora, os cabeças de chave são: Real Madrid, Manchester City, Bayern Munique, Paris Saint-Germain, Porto, Milan e Eintracht Frankfurt.

facebooktwitterreddit