Futebol Feminino

Champions League Feminina: o XI ideal combinado entre Barcelona e Lyon, finalistas do torneio

Maria Victoria Poli
Barcelona e Lyon voltam a se encontrar em uma decisão de Champions League feminina, neste sábado (21)
Barcelona e Lyon voltam a se encontrar em uma decisão de Champions League feminina, neste sábado (21) / Getty Images/GettyImages
facebooktwitterreddit

É dia de decisão! Finalmente, chegou a hora de conhecermos o grande campeão da Champions League Feminina. De um lado, o tradicional Lyon, que se consolidou na última década como maior campeão da Europa - foram 9 finais disputadas de 2010 a 2020, com sete títulos conquistados (cinco de forma consecutiva) -, tem a oportunidade de reencontrar a velha conhecida taça.

Do outro, o furacão Barcelona chega à sua terceira final em quatro anos, buscando manter o título e a fama de melhor time do mundo. Visto como favorito na decisão, o time espanhol conta com uma campanha quase perfeita na Champions e um tempero extra: a sede de revanche pela final de 2019, quando foi goleado por 4 a 1 pelo mesmo adversário. 

O desfecho do novo capítulo desta rivalidade, saberemos a partir das 14h de hoje (21). O time ideal combinado dessas gigantes do futebol feminino, o 90min te mostra aqui.

1. Christiane Endler

Christiane Endler, goleira do Lyon
Christiane Endler, goleira do Lyon / Jonathan Moscrop/GettyImages

A chilena de 30 anos é considerada por muitos como a melhor goleira do mundo. Endler chegou ao Lyon nesta temporada, com prospecção para substituir Sarah Bouhaddi's no longo prazo, e suas defesas foram fundamentais no caminho até a final - inclusive, foi eleita a MVP da partida da semifinal, contra o rival PSG. A arqueira sofreu seis gols em nove jogos com o time.

2. Marta Torrejón

Marta Torrejón, lateral direita do Barcelona feminino
Marta Torrejón, lateral direita do Barcelona feminino / Quality Sport Images/GettyImages

Jogadora de muita técnica e velocidade, Torrejón pode atuar tanto na lateral direita quanto na zaga. Experiente, é também importante nas construções ofensivas, sendo uma das especialistas do jogo em bolas aéreas. Tem dois gols em nove jogos e é uma das jogadoras que vê nessa final a oportunidade de revanche, pois estava em campo na fatídica decisão de 2019.

3. Wendie Renard

Wendie Renard, zagueira do Lyon, vai disputar sua 100ª partida de Champions League pelo clube
Wendie Renard, zagueira do Lyon, vai disputar sua 100ª partida de Champions League pelo clube / FRANCK FIFE/GettyImages

Apresentações são dispensadas quando o assunto é Wendie Renard. Aos 31 anos, a zagueira heptacampeã da Champions League combina experiência, técnica e físico para ser uma das melhores do mundo na posição. Com três gols em seis jogos nesta edição do torneio, Renard anotou gols importantes dentro e fora de casa nas semifinais, contra o PSG. Hoje, ela completará 100 jogos pela Champions (um recorde), todos pelo Lyon, esperando conquistar nada menos que seu oitavo caneco continental pelo clube (

4. Irene Paredes

Irene Paredes, zagueira do Barcelona
Irene Paredes, zagueira do Barcelona / ANP/GettyImages

A zagueira espanhola chegou ao Barça nesta temporada após grande ano com o PSG. O atual campeão fez questão de contratar a defensora do ano em 2020-21 - que encaixou perfeitamente no sistema do time campeão, ao lado de Mapi León - e criou 18 chances para a equipe.

5. Selma Bacha

Selma Bacha, lateral do Lyon, é a líder de assistências da Champions League feminina
Selma Bacha, lateral do Lyon feminino, é a líder de assistências da Champions League / Catherine Steenkeste/GettyImages

Líder de assistências na Champions feminina com oito assistências em nove jogos, a francesa de 21 anos tem talento excepcional na bola parada - principalmente na cobrança de escanteios - e constrói boas oportunidades ofensivas. Arma fundamental do Lyon pelo corredor esquerdo, Bacha ganhou a vaga em nossa seleção na disputa com a também excelente Ouahabi. 

6. Aitana Bonmatí

Aitana Bonmatí, meio-campista do Barcelona feminino
Aitana Bonmatí, meio-campista do Barcelona, foi a MVP da final do Champions League de 2020-21 / Eric Alonso/GettyImages

Quando o assunto é meio de campo e construção de jogadas, segurança é uma das principais exigências para um time funcionar e alcançar vitórias. Com mais de 90% passes certos, Bonmatí com a bola nos pés é sinônimo de organização para o clube catalão, combinado com o DNA que os fãs de futebol já conhecem bem - e, claro, gols: são quatro nesta edição do torneio.

7. Patricia Guijarro

Patricia Guijarro, meia do Barcelona feminino
Patricia Guijarro, meia do Barcelona feminino / Eric Alonso/GettyImages

A meio-campista blaugrana de 24 anos sabe tomar decisões corretas - e as executa de forma brilhante. Segura e privilegiada no quesito ‘visão de jogo’, cria muitas oportunidades para o time e se destaca com lançamentos precisos e passes esticados. Não à toa, soma três assistências na competição.

8. Alexia Putellas

Alexia Putellas, do Barcelona, é a atual melhor jogadora do mundo
Alexia Putellas, do Barcelona, é a atual melhor jogadora do mundo / Quality Sport Images/GettyImages

Atual melhor do mundo e jogadora do ano, Alexia Putellas carrega ainda a artilharia da Champions League de 2022, com 10 gols e duas assistências em nove jogos. A meia-atacante e maestra do time catalão não se abala com pressão e tem, nesta final, mais uma oportunidade para mostrar porque é a estrela da modalidade.

9. Jenni Hermoso

Jennifer Hermoso, camisa 10 do Barcelona feminino
Jenni Hermoso é a camisa 10 do Barcelona / Martin Rose/GettyImages

A experiente atacante do Barcelona já balançou a rede cinco vezes na competição e impressiona pelo volume de jogadas ofensivas, algo que fica claro quando vemos as trocas com Alexia. Acumula 24 chances criadas, uma assistência e é um exemplo de comprometimento para todas as suas companheiras de equipe. Não é raro ver Jenni vibrando a cada desarme, jogada ou gol de seu time. Fique de olho!

10. Catarina Macario

Catarina Macario, atacante do Lyon
Catarina Macario é a artilheira do Lyon / Catherine Steenkeste/GettyImages

Revelação do campeonato, Macario tem apenas 22 anos e um potencial gigantesco. Com sete gols e duas assistências em 10 jogos, a norte-americana anotou nas semifinais contra o PSG e vem se firmando como peça fundamental no ataque do Lyon.

11. Ada Hegerberg

Ada Hegerberg, atacante do Lyon
Ada Hegerberg, do Lyon, é a maior artilheira da história da Champions League Feminina / Jonathan Moscrop/GettyImages

É impossível falar de Champions League feminina sem falar de Ada Hegerberg e vice-versa. A história da maior artilheira da competição, com 58 gols, sem mistura com a sua própria, e isso por si só já garantiria sua presença nessa lista. No entanto, vale dizer ainda que a norueguesa de 26 anos retornou nesta temporada após grave lesão no joelho e mostrou que segue sendo uma das maiores do esporte: cinco gols e uma assistência em nove jogos, cinco títulos continentais no currículo e grande potencial de dor de cabeça para a zaga catalã.

facebooktwitterreddit