Futebol Feminino

Champions Feminina: os números de Alexia Putellas e Ada Hegerberg na grande final

Wéverton Rodrigues
Ada Hegerbeg marcou um dos gols na vitória do Lyon por 3 a 1 sobre o Barcelona
Ada Hegerbeg marcou um dos gols na vitória do Lyon por 3 a 1 sobre o Barcelona / VI-Images/GettyImages
facebooktwitterreddit

A 21ª edição da Champions League Feminina aconteceu no último sábado (21) entre Barcelona, que tentava o bicampeonato consecutivo, e o Lyon, que conquistou o oitavo título de sua história. Apesar de estar em um projeto ascendente no futebol europeu, o time catalão acabou derrotado por 3 a 1 no Allianz Stadium diante de mais de 32 mil torcedores.

À parte o vice-campeonato das culés , há de se exaltar a temporada feito pelo time espanhol. Depois de incríveis 40 jogos de invencibilidade, o time da eleita melhor jogadora do mundo só foi superado pelo Wolfsburg no segundo jogo da semifinal - 2 a 0 - e com 5 a 2 no placar agregado chegou para mais uma decisão como um grande candidato ao título. 

O gol de honra de Alexia no final da primeira etapa em Turim, além de renovar a esperança do torcedor, colocou a atacante na artilharia isolada da edição, com 11 gols em 10 jogos. Por outro lado, a norueguesa Ada Hegerbeg chegou ao sexto no torneio e ao 59º na história, se consolidando como a maior goleadora de todos os tempos

Alexia x Hergberg

Alexia Putellas, Ada Hegerberg
Alexia Putellas e Ada Hegerberg frente a frente na final da Liga dos Campeões Feminina / Getty Images/GettyImages

Minutos jogados: 90 x 90
Gols 1 x 1
Assistências 0 x 1
Chutes a gol: 1 x 2
Tiques na bola: 83 x 44
Passes certos (totais): 42 (55) x 16 (26)
Impedimentos: 1 x 0
Dribles certos (totais) 2 (2) x 0 (1)
Jogadas aéreas vencidas (totais) 3 (3) x 1 (4)
Interceptações 2 x 0

facebooktwitterreddit