Opinião

Cerri quer enganar quem? Fala em criatividade, mas sequer conseguiu um novo centroavante para o Grêmio

Fabio Utz
Lateral-direito Orejuela já passou pelo Tricolor e está de volta
Lateral-direito Orejuela já passou pelo Tricolor e está de volta / MARCELO OLIVEIRA/GettyImages
facebooktwitterreddit

É tão difícil assim alinhar um discurso antes de vir a público? Pois é, nem isso o Grêmio consegue fazer. Enquanto o presidente Romildo Bolzan Júnior diz que o chamado primeiro ciclo de contratações chegou ao fim, Diego Cerri afirma que novos jogadores podem chegar para o clube. Aliás, a entrevista do executivo de futebol tricolor nesta sexta-feira foi para deixar nós, torcedores, de cabelo em pé.

Em primeiro lugar, ele disse que tem colocado em prática a criatividade para reforçar o plantel. Desculpe, Cerri, mas não existe nenhuma criatividade nos anúncios de Orejuela, Bruno Alves, Janderson, Benítez e Nicolas. Criatividade se tem quando se anuncia um jogador que poucos esperam e cuja repercussão é altamente positiva. Desses cinco nomes, um já passou pela Arena, o outro era reserva do São Paulo, o terceiro marcou um ou outro gol pelo Atlético-GO (já que no Corinthians não foi usado), o gringo poucos queriam (nem o Independiente) e o lateral é, apenas, uma promessa.

Benitez Mercado São Paulo Meia Grêmio
Meia Martín Benítez jogou em 2021 pelo São Paulo / Alexandre Schneider/GettyImages

Existiria criatividade e sabedoria se Cerri, depois de ver o clube dispensar Diego Souza, conseguisse um outro centroavante de alto nível para o clube não ter que passar pela vergonha de recontratar seu antigo titular. Isso sim seria um gol a favor. Aqui não estou falando mal de Diego Souza, pelo contrário. Quero reiterar que era função do executivo de futebol encontrar um novo camisa 9, já que o anterior não servia mais.

Em meio a tudo isso, o dirigente destacou que o Grêmio não tem dinheiro para comprar jogadores. Essa declaração apenas reforça a péssima administração do futebol nos últimos meses/anos. O clube cansou de vender jovens por verdadeiras fortunas, e agora, quando vive um dos momentos mais dramáticos de sua história, está com os cofres vazios. Isso é o que dar colocar no principal departamento da instituição cartolas neófitos e/ou iniciantes na função. Quando a gente diz que 2022 será longo para os gremistas, poucos acreditam. Mas aí está mais uma prova.

Para mais notícias do Grêmio, clique aqui.

facebooktwitterreddit