Opinião

Ceará é um recomeço para Dorival Jr, que tem muito a oferecer ao Vozão

Matheus Nunes
Respeitado por onde passou, treinador de 59 anos volta ao futebol após dois anos e chega para substituir Tiago Nunes
Respeitado por onde passou, treinador de 59 anos volta ao futebol após dois anos e chega para substituir Tiago Nunes / Alexandre Schneider/GettyImages
facebooktwitterreddit

Novo técnico do Ceará, Dorival Júnior foi o escolhido para substituir Tiago Nunes, demitido após ver o clube amargar a segunda eliminação em 2022, uma derrota para o CRB na semifinal da Copa do Nordeste. Antes disso o Alvinegro de Porangabuçu foi surpreendido logo na estreia do Campeonato Cearense, quando caiu para o Iguatu.

O experiente técnico tem passagens por grandes equipes do futebol brasileiro. Sem trabalhar há quase dois anos para tratar de um câncer, trabalhou antes no Athletico Paranaense, contratado justamente para substituir Tiago Nunes.

Os torcedores ficaram divididos quando Dorival ainda era uma especulação e alguns inclusive postaram a hashtag #DorivalNão nas redes sociais. O principal argumento é que queriam uma inovação, quem sabe um treinador estrangeiro, movimento natural tendo em vista o sucesso de nomes como o português Abel Ferreira, bicampeão da Libertadores pelo Palmeiras, e o argentino Juan Pablo Vojvoda, que classificou o rival Fortaleza para a principal competição do continente pela primeira vez na história.

O torcedor está impaciente neste momento que o Vozão vive, e é justificável. Porém, quando se trata de Dorival Júnior, não há motivos para tanta rejeição. Entre os treinadores brasileiros, ele é considerado um dos melhores disponíveis no mercado.

Com muita rodagem, respeitado por jogadores e vitorioso, o paulista de 59 anos é acostumado com pressão. Comparado com os recentes comandantes que passaram pelo Ceará, Dorival sai um na frente - não parece ser um novo Argel Fuchs ou Adilson Batista.

Pela frente, o novo treinador do Alvinegro de Porangabuçu terá a missão de fazer boas campanhas na Copa do Brasil, que inclusive Dorival conquistou com o Santos em 2010, Sul-Americana e Campeonato Brasileiro. O que resta ao torcedor é aguardar e torcer para que o melhor papel seja desempenhado dentro de campo.

facebooktwitterreddit