Ceará quer parte de possível lucro de Arthur Cabral

Arthur Cabral
DeFodi Images/Getty Images

Palmeiras e Ceará estão em um impasse sobre a divisão do lucro de uma futura venda de Arthur Cabral. O Verdão tem direito a 30% da mais-valia da futura transação, ou seja, se o Basel vender Arthur por um valor superior ao pago para contratá-lo, o Palmeiras abocanha 30% desta fatia.

Porém, o Ceará discorda da divisão. Segundo reportagem do site Uol, o Vovô acredita ter direito a metade dos 30%, já que o Palmeiras comprou apenas 50% dos valores econômicos do jogador.

"Como o acerto foi feito com 50% para as partes, essa mais-valia representa uma parcela dos direitos. Essa mais valia foi uma forma de negociar, inclusive, o preço final do atleta. Solicitamos os contratos de empréstimo com opção de compra do atleta. O clube vai seguir todo o procedimento jurídico, se for necessário, para ter os seus direitos garantidos", disse Anacleto Figueiredo, diretor jurídico do Ceará, para o portal.

Arthur Cabral, Makoto Hasebe
Eintracht Frankfurt v FC Basel - UEFA Europa League Round of 16: First Leg | DeFodi Images/Getty Images

O Basel contratou o atacante por 4,4 milhões de euros, o valor será pago de forma igual ao Ceará e Palmeiras, 2,2 milhões para cada clube