Catar já chama: Qual será o XI ideal da Seleção Brasileira na Copa de 2022?

Nathália Almeida
Peru v Brazil - South American Qualifiers for Qatar 2022
Peru v Brazil - South American Qualifiers for Qatar 2022 / Pool/Getty Images
facebooktwitterreddit

Para muitos, uma geração sem brilho e dependente de uma só estrela.
Para outros, uma era de ascensão de jovens talentos de grande potencial que, se bem trabalhados, podem 'dar liga'.

Independente de como você veja o momento atual da Seleção, o sonho comum de todos (ou quase todos!) os brasileiros é a conquista do tão sonhado hexacampeonato.

Faltam apenas dois anos para a Copa do Mundo do Catar e, apesar de haver tempo suficiente para verdades/convicções mudarem - o futebol, como todos sabem, é muito dinâmico -, não é prematuro projetar como será o nosso XI ideal titular em 2022, principalmente se considerarmos que Tite é um treinador bastante 'fiel' ao seu projeto e seus 'protegidos'. Confere aí como ficou:


Alisson (Liverpool)

Brazil v Korea Republic - International Friendly
Brazil v Korea Republic - International Friendly / Eurasia Sport Images/Getty Images

Titular absoluto do Liverpool e um dos melhores do mundo de sua posição na atualidade, Alisson terá 30 anos em 2022, idade que costuma simbolizar o auge de maturidade de atletas de futebol de alto rendimento. Difícil imaginar um nome diferente e mais confiável para a meta da Canarinho.


Danilo (Juventus)

Peru v Brazil - South American Qualifiers for Qatar 2022
Peru v Brazil - South American Qualifiers for Qatar 2022 / Daniel Apuy/Getty Images

A lateral-direita é um 'drama' para a Seleção Brasileira, já que não houve um substituto à altura de Daniel Alves desde o fim de seu ciclo com a Amarelinha. Danilo tem sido o titular com Tite e, faltando dois anos para o Mundial, torna-se improvável que outro nome ascenda ao posto. Garotos como Dodô (Shakhtar) e Emerson (Betis) têm muito potencial e qualidade, mas seguem na Olímpica.


Marquinhos

Brazil v Peru - 2019 International Champions Cup
Brazil v Peru - 2019 International Champions Cup / Kevork Djansezian/Getty Images

Liderança moral e técnica do Paris Saint-Germain, Marquinhos vem de uma sequência de temporadas exuberantes com a camisa do time francês. É figurinha carimbada nas convocações de Tite e deve continuar assim até o Mundial de 2022, quando terá 28 anos.


Rodrigo Caio (Flamengo)

FBL-WC-2022-PER-BRA
FBL-WC-2022-PER-BRA / PAOLO AGUILAR/Getty Images

Thiago Silva tem feito parte de todo o ciclo da Seleção no pós-Copa de 2018, mas terá 37 anos em 2022, o que coloca sua presença entre os titulares 'em dúvida'. Nesse sentido, Rodrigo Caio desponta como alternativa forte: tem sido lembrado por Tite desde que se tornou o xerife da defesa do atual campeão de tudo no Brasil.


Renan Lodi (Atlético de Madrid)

Brazil v Korea Republic - International Friendly
Brazil v Korea Republic - International Friendly / Eurasia Sport Images/Getty Images

Nada de medalhões na lateral-esquerda. O presente e o futuro da posição é o garoto Renan Lodi, que chegou à Europa no verão de 2019 com enorme personalidade e não demorou nada para se tornar titular absoluto com Simeone. Ainda que Alex Sandro e Alex Telles estejam no páreo, o garoto ex-Furacão tem recebido oportunidades e caminha para ser o dono da posição em 2022.


Casemiro (Real Madrid)

Brazil v Nigeria - International Friendly
Brazil v Nigeria - International Friendly / Allsport Co./Getty Images

Falar em unanimidade no futebol é arriscado, mas podemos dizer que Casemiro flerta com esse status. Ele é o dono da 'cabeça de área' no Real e podemos dizer o mesmo na Seleção Brasileira. Vem performando em altíssimo nível há anos e, salvo alguma catástrofe, estará nos titulares da Canarinho no Catar.


Arthur (Juventus)

Brazil v Argentina - International Friendly
Brazil v Argentina - International Friendly / Eurasia Sport Images/Getty Images

O trabalho de Pirlo em tentar transformar Arthur em um segundo volante mais agudo, criativo e vertical pode ser uma grande notícia para a Seleção Brasileira a curto/médio prazo, já que esta é uma das grandes críticas da opinião pública sobre seu futebol. É um dos jovens que mais ganharam oportunidades com Tite, portanto, está muito bem cotado no ciclo para 2022.


Philippe Coutinho (Barcelona)

Brazil v Bolivia - South American Qualifiers for Qatar 2022
Brazil v Bolivia - South American Qualifiers for Qatar 2022 / Buda Mendes/Getty Images

Apesar de estar devendo uma grande exibição com a camisa da Canarinho à longa data, Tite é um grande entusiasta de seu futebol e o mantém nos planos como titular verde e amarelo. As boas atuações em seu retorno ao Barcelona são um alento e um sinal de que há esperança de voltarmos a ver o Coutinho dos tempos de Liverpool.


Neymar (PSG)

Peru v Brazil - South American Qualifiers for Qatar 2022
Peru v Brazil - South American Qualifiers for Qatar 2022 / Pool/Getty Images

Segundo maior artilheiro da história da Seleção Brasileira, Neymar é a grande estrela dessa geração e conta com respaldo absoluto da comissão técnica de Tite. Em 2022, terá a terceira chance de conduzir a Canarinho ao tão sonhado hexa e buscar uma redenção pessoal, já que não brilhou no Mundial de 2014 e nem em 2018.


Gabriel Jesus (Manchester City)

Brazil v Nigeria - International Friendly
Brazil v Nigeria - International Friendly / Lionel Ng/Getty Images

Muitos reclamarão dessa previsão - principalmente diante da ascensão astronômica de Pedro, do Flamengo -, mas o fato é que Gabriel Jesus é um dos 'homens de confiança' de Tite e dificilmente perderá sua vaga no comando do ataque. É visto como um jogador solidário e que contempla as demandas da comissão técnica enquanto camisa 9.


Richarlison (Everton)

Brazil v Korea Republic - International Friendly
Brazil v Korea Republic - International Friendly / Eurasia Sport Images/Getty Images

Richarlison aprimorou muito a tomada de decisão, um dos pontos fracos de seu jogo, se consolidando como um atacante praticamente completo: força, arranque, potência, finalização. Hoje, lidera a corrida entre os 'pontas' constantemente convocados por Tite.


Outros nomes pra ficar de olho!

OLY-FBL-U23-BRA-URU
OLY-FBL-U23-BRA-URU / JUAN BARRETO/Getty Images

Entre jogadores prestigiados que por um detalhe ficaram de fora desse XI ideal, ou garotos que começam a receber as primeiras oportunidades com Tite, listamos alguns nomes que podem 'furar' a nossa previsão:

Diego Carlos - zagueiro (Sevilla)
Éder Militão - zagueiro (Real Madrid)
Emerson - lateral-direito (Real Betis)
Fabinho - volante (Liverpool)
Bruno Guimarães - volante (Lyon)
Douglas Luiz - volante (Aston Villa)
Everton - atacante (Benfica)
Roberto Firmino - atacante (Liverpool)
Pedro - centroavante (Flamengo)
Vinícius Júnior - atacante (Real Madrid)


facebooktwitterreddit