Brasileirao Série A

Cássio segue no Corinthians e vai a campo para enfrentar o Botafogo na arrancada do Campeonato Brasileiro

Fabio Utz
Atleta cogitou a possibilidade de deixar o clube após ameaças de morte
Atleta cogitou a possibilidade de deixar o clube após ameaças de morte / MARIANA GREIF/GettyImages
facebooktwitterreddit

O futuro do goleiro Cássio está definido. E ele será no Corinthians. Só que, até se bater o martelo em relação a isso, o atleta precisou ser demovido de uma ideia inicial, até, de rompimento de contrato.

Ao longo da semana, o profissional revelou ameaças de morte por parte da torcida alvinegra e levou o caso até a polícia. Diante desta situação, cogitou, segundo o jornalista Carlos Cereto, a possibilidade de jogar no futebol dos Estados Unidos e colocar ponto final a uma trajetória de dez anos no clube paulista.

Porém, alguns argumentos fizeram com que esta mudança de ares fosse rechaçada. Cássio viu celeridade na atuação das autoridades policiais, que identificaram boa parte dos criminosos. Além disso, o presidente Duílio Monteiro Alves também entrou na jogada prestando sua solidariedade e tentando mostrar ao goleiro o quanto ele é querido e importante dentro do clube.

A direção até nega que tenha ocorrido uma reunião para tratar do tema. Mas isso, a princípio, é o de menos. O arqueiro, que tem vínculo com o Corinthians, até o final de 2024, segue no Parque São Jorge e vai a campo neste domingo para enfrentar o Botafogo pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro de 2022.

Para mais notícias do Corinthians, clique aqui.

facebooktwitterreddit