Copa Libertadores

Cássio garante empate, e Corinthians mantém liderança do Grupo E da Libertadores

Nathália Almeida
Cássio teve grande atuação na Colômbia
Cássio teve grande atuação na Colômbia / Ricardo Moreira/GettyImages
facebooktwitterreddit

Não foi o resultado que o torcedor do Corinthians queria, e o pênalti perdido por Fábio Santos, aos 40' do segundo tempo, permite com que a Fiel lamente ainda mais o desfecho do jogo desta quarta-feira (4). Contudo, o empate por 0 a 0 contra o Deportivo Cali, em solo colombiano, manteve o Timão no posto mais alto do Grupo H da Copa Libertadores, ainda no controle de seu próprio destino na dura e equilibrada chave.

Melhor que seu adversário durante a primeira etapa, o Corinthians caiu de rendimento no segundo tempo e precisou de uma grande atuação de seu experiente goleiro, Cássio, para sair da Colômbia com pelo menos um ponto na bagagem. Com bola rolando, foram ao menos duas grandes defesas do arqueiro, além de uma bela intervenção em cobrança de pênalti do veterano atacante Téo Gutiérrez. Esta, por sinal, foi a primeira penalidade defendida por Cássio na atual temporada.

Du Queiroz, Aldair Gutierrez
Cali e Corinthians fizeram jogo parelho na Colômbia / Gabriel Aponte/GettyImages

As penalidades perdidas foram a tônica da noite no Estádio de Palmaseca, tendo em vista que Fábio Santos, especialista no fundamento, isolou a cobrança que poderia ter dado a vitória ao Alvinegro. Foi a primeira cobrança desperdiçada pelo experiente lateral desde seu retorno ao Corinthians: até então, o camisa 6 tinha 100% de aproveitamento, com 12 gols em 12 batidas.

Com sete pontos conquistados em quatro partidas, o Timão lidera o Grupo H, seguido de perto pelo Boca Juniors, que venceu o Always Ready-BOL por 1 a 0 na rodada. A equipe de Vítor Pereira volta a campo no próximo domingo (8), quando encara o Red Bull Bragantino pelo Brasileirão.

facebooktwitterreddit