Carlos Sánchez tem futuro incerto no Santos; capacidade financeira do clube pesa contra renovação com o meia

Antonio Mota
Feb 19, 2021, 10:20 AM GMT-3
Carlos Sánchez tem o futuro incerto no Santos; condição financeira do clube pesa contra uma renovação
Carlos Sánchez tem o futuro incerto no Santos; condição financeira do clube pesa contra uma renovação | Marcelo Endelli/Getty Images
facebooktwitterreddit

Em meio à reta final de recuperação de cirurgia no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e últimos meses de contrato com o Santos, o meio-campista Carlos Sánchez segue com o futuro incerto no Brasil. Aos 36 anos, o uruguaio continua interessando ao Peixe, mas recebe um dos maiores salários da Vila e isso dificulta.

De acordo com informações da Gazeta Esportiva, o Alvinegro Praiano tem vínculo com Sánchez até o próximo mês de julho deste ano – ressaltando que o atleta deve voltar aos gramados apenas em maio – e vê com bons olhos uma ampliação contratual, mas não se enxerga com capacidade financeira para fazer uma investida.  

Sánchez pode deixar o Santos de graça nos próximos meses.
Sánchez pode deixar o Santos de graça nos próximos meses. | Miguel Schincariol/Getty Images

Internamente, o Santos torce pela renovação com Sánchez, pensando inclusive em o uruguaio se aposentar na Vila Belmiro, mas também sabe que precisa reduzir a folha salarial. Sem dinheiro, o clube pode tentar negociar com o meio-campista uma redução salarial – o que ainda não foi discutido com os representantes do veterano.  

Ainda conforme a Gazeta Esportiva, o Peixe não procurou o estafe de Carlos Sánchez em nenhum momento, mesmo quando ele recebeu sondagens de outros clubes. O meia, no entanto, está esperando o Alvinegro Praiano. Cabe destacar que o uruguaio poderia assinar um pré-contrato com outra equipe desde o começo deste ano.

Os cofres da Vila

O Santos enfrenta uma forte crise financeira, tendo problemas até para cumprir com questões básicas, como salários: os vencimentos de janeiro ainda não foram transferidos para os atletas. Além disso, o clube possui um déficit de aproximadamente R$ 8 milhões. A previsão do rombo até o final do ano é de R$ 78 milhões.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit