Candidato a presidência, Júlio Casares quer que Igor Gomes saia do São Paulo só após conquistar títulos

Igor Gomes
Alexandre Schneider/Getty Images

O São Paulo vai ter eleições para presidente no fim do ano e um dos candidatos que concorrerá ao pleito será Júlio Casares.

Em entrevista concedida ao Uol Esporte, um dos pontos que chamou a atenção foi em relação a venda de jovens jogadores revelados pelo clube. Sobre o tema, Casares afirmou:

"A dívida é muito grande e os jovens são bons. As ofertas aparecem e o clube não tem poder de negociação. Sofri com a venda do Morato. Meu sonho seria manter o Igor Gomes por um tempo. Esperar que ele ganhasse um título antes de sair. Vou fazer de tudo, mas é difícil. É preciso renegociar a dívida, ganhar fôlego financeiro, melhorar o marketing para não precisar vender jogadores"

Júlio Casares

Outro ponto levantado na entrevista foi a política de contratações do São Paulo. Casares explicou o que pretende em seu possível mandato:

"O treinador vai detectar uma necessidade e comunicará ao diretor de futebol. Se for para compor elenco, o pedido será rejeitado. A vaga será de alguém da base. Se for para ser titular ou brigar pela posição, buscaremos no mercado. O jogador será analisado por seu histórico de contusões, sua mentalidade vencedora, quanto pode agregar ao grupo, quantos títulos conseguiu. Tudo será feito rapidamente e apresentaremos o nome ao treinador. Não queremos jogadores indicados apenas por um treinador. Ele vai embora e o jogador fica. E não queremos contratações como a do goleiro Jean. Custou um bom dinheiro e atrasou o desenvolvimento do Lucas Perri"

Julio Casares