Opinião

Calma, torcedor! Marinho vai receber mais oportunidades no Flamengo no momento certo

Antonio Mota
Marinho precisa se tornar ‘mais completo’ antes de receber mais oportunidades no Flamengo.
Marinho precisa se tornar ‘mais completo’ antes de receber mais oportunidades no Flamengo. / Jorge Rodrigues/Agif/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

Após negociar Michael com o Al-Hilal, da Arábia Saudita, o Flamengo não perdeu tempo e logo em seguida anunciou a contratação do atacante Marinho, ex-Santos, no começo do ano. Destaque no litoral de São Paulo em um passado não tão distante – apesar do desempenho abaixo do esperado na última temporada –, o velocista desembarcou no Rio de Janeiro como o principal reforço do Fla para 2022.

Nesse sentido, em meio aos altos e baixos da estada na Vila Belmiro, Marinho recebeu um voto de confiança e chegou ao Flamengo com o objetivo de retomar o futebol que o transformou em “Rei da América”, em 2020. Até aqui, no entanto, isso não aconteceu e o atacante tem recebido poucas oportunidades: participou de apenas seis partidas (três como titular) até o momento na equipe rubro-negra.

Em recente entrevista, o técnico Paulo Sousa falou sobre o status de Marinho e afirmou que o atacante vai receber mais chances, mas apenas quando estiver ‘mais completo’: “Vai ter seu espaço. Queremos melhorá-lo para que entenda quando tem que acelerar ou combinar. Ou seja, ser mais completo. Ele quer crescer”, avaliou o treinador, em coletiva após a nona rodada do Campeonato Carioca.  

O “novo Mister” está certo. Marinho é um atacante diferente, muito talentoso e explosivo, mas que nem sempre toma as melhores decisões coletivas, algo muito cobrado pelo treinador e que é um problema para boa parte dos jogadores no Brasil. Aos 31 anos, o atacante vai crescer e aprender muito com os portugueses e, em breve, vai ter mais tempo para mostrar o seu futebol. É um talento a ser refinado.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit