Cadê Juanfran? Veja a situação de 10 estrangeiros que passaram pelo Brasil recentemente

Antonio Mota
Juanfran, Honda, D’Alessandro e mais: veja como e onde estão 10 gringos que passaram pelo futebol brasileiro nas últimas temporadas.
Juanfran, Honda, D’Alessandro e mais: veja como e onde estão 10 gringos que passaram pelo futebol brasileiro nas últimas temporadas. / Miguel Schincariol/Getty Images
facebooktwitterreddit

Portas abertas! O Brasil se tornou uma praça comum para os jogadores estrangeiros nas últimas temporadas, quando passou a olhar com mais afinco para além de suas fronteiras. Ao longo dos últimos anos, várias figuras de fora do país apareceram e marcaram época no futebol nacional, como Arrascaeta, do Flamengo, e Gustavo Gómez, do Palmeiras, que, inclusive, continuam em alta no território verde e amarelo. E esses são apenas dois dos inúmeros estrangeiros que passaram por aqui nos últimos tempos.

Mas, sem mais delongas, para onde foram e como estão os estrangeiros que passaram pelo Brasil recentemente (Juanfran, Honda etc.)? Confira:  

1. Keisuke Honda – ex-Botafogo

Honda Botafogo
Honda ficou devendo no Botafogo. / DIEGO MARANHAO/Getty Images

Honda chegou ao Brasil para ser o ‘cara’ do Botafogo, mas isso não aconteceu. O meio-campista japonês se decepcionou e não ficou nem um ano (de fevereiro a dezembro de 2020) no Rio de Janeiro. Meses atrás, após uma curta passagem pelo futebol de Portugal, o camisa 4 foi para o Neftchi Baku, do Azerbaijão, e tem ido bem.

2. Salomon Kalou – ex-Botafogo

Salomon Kalou Botafogo
Kalou não foi a solução esperada no Botafogo. / Alexandre Schneider/Getty Images

Outro reforço internacional de peso do Botafogo para 2020: Salomon Kalou. Além de Honda, o Glorioso investiu no marfinense e também não teve um grande retorno. O atacante não conseguiu engrenar e no último mês de abril foi liberado. Desde então, o ex-Chelsea está livre no mercado.

3. Andrés D'Alessandro – ex-Internacional

Internacional Andrés D'Alessandro
Andrés D'Alessandro é ídolo do Internacional / Pool/Getty Images

Um dos grandes ídolos da história do Internacional, D'Alessandro não renovou o seu contrato com o Colorado e deixou o Brasil após 12 anos – somando todo o seu período no país. Após período olhando o mercado, o meia-atacante de 40 anos fechou com o Nacional, do Uruguai.

4. Gustavo Cuéllar – ex-Flamengo

Flamengo Gustavo Cuellar
Gustavo Cuéllar deixou o Flamengo pouco antes da Glória Eterna. / Buda Mendes/Getty Images

O meio-campista Gustavo Cuéllar explodiu para o mundo da bola com a camisa do Flamengo. Com o manto do Mais Querido, o volante ganhou prestígio no esporte e nome para fechar um acordo milionário com o Al-Hilal, da Arábia Saudita. O colombiano atua fora da América do Sul desde 2019.

5. Marco Ruben – ex-Athletico-PR

Athletico-PR Marco Ruben
Marco Ruben teve uma boa passagem pelo Athletico-PR. / Buda Mendes/Getty Images

Marco Ruben teve uma curta, mas intensa e grandiosa passagem pelo Brasil. Voando no Athletico-PR em 2019, o centroavante mostrou o seu talento e chamou atenção da América do Sul. Após inúmeras questões, o argentino optou por deixar o país. Atualmente, ele defende o Rosário Central.

6. Juanfran – ex-São Paulo

Juanfran São Paulo
Juanfran deixou o São Paulo sem ser campeão. / Lucas Uebel/Getty Images

Ídolo no Atlético de Madrid e com passagem pelo São Paulo, Juanfran atuou no Brasil entre 2019 e início de 2021. Neste período, o lateral espanhol mostrou qualidade e viveu bons momentos, mas não conquistou nenhum troféu. Hoje, aos 36 anos, ele se tornou um dos grandes investidores do Intercity, pequeno clube da Espanha. Cabe destacar que ele não se aposentou dos gramados.

7. Yimmi Chará – ex-Atlético-MG

Atlético-MG Yimmi Chará
Yimmi Chará viveu bons momentos no Atlético-MG. / Pedro Vilela/Getty Images

Após fazer muito sucesso no Junior Barranquilla, da Colômbia, Yimmi Chará foi contratado e se tornou a contratação mais cara da história do Atlético-MG. Já no Brasil, o colombiano não correspondeu e foi negociado com o Portland Timbers, dos Estados Unidos, onde atua desde o ano passado.

8. Mauro Boselli – ex-Corinthians

Mauro Boselli Corinthians
Mauro Boselli ficou aquém das expectativas no Corinthians. / NELSON ALMEIDA/Getty Images

O Corinthians resolveu apostar em Mauro Boselli no começo de 2019. À época, o centroavante chegava com moral e para ser o homem-gol do clube. O argentino, porém, nunca se firmou e acabou tendo uma passagem bem apagada pelo Brasil. Já no começo deste ano, ele assinou com o Cerro Porteño.

9. Fernando Uribe – ex-Flamengo e Santos

Flamengo Santos Fernando Uribe
Fernando Uribe não decolou no Brasil. / Alexandre Loureiro/Getty Images

Embora não tenha conseguido sucesso, Fernando Uribe ficou muitos anos no Brasil. O atacante foi contratado pelo Flamengo em 2018 e lá ficou até maio de 2019, quando foi para o Santos. Após mais uma temporada em baixa, o colombiano foi para o Millonarios.

10. Maxi López – ex-Vasco

Vasco Maxi Lopez
Maxi López teria vaga no Vasco de 2021? / Emilio Andreoli/Getty Images

Lembra dele, Nação Alvinegra? Maxi López fez muito sucesso no Vasco e no Brasil entre 2018 e 2019. Porém, após vários imbróglios, o atacante argentino optou por mudar de ares. Na última temporada, ele atuou pelo modesto Sambenedettese, da Itália. Aos 37 anos, ele está sem clube.

facebooktwitterreddit