Transferências

Cabe no seu time? Livre no mercado, Aloísio revela que recebeu sondagens de clubes brasileiros

Vitor Beloti
Aloísio "Boi Bandido" está livre no mercado após dois anos e meio na China
Aloísio "Boi Bandido" está livre no mercado após dois anos e meio na China / XIN LI/GettyImages
facebooktwitterreddit

Como os principais clubes do futebol brasileiro estão em intertemporada, os dirigentes já se movimentam no mercado de transferências em busca de novos jogadores para 2022. Sendo assim, no último domingo (19) abriu uma boa oportunidade para as equipes brasileiras que queiram contratar um atacante experiente e livre no mercado visando a próxima temporada: Aloísio "Boi Bandido".

Na semana passada, o jogador rescindiu seu contrato com o Guangzhou Evergrande, da China, após dois anos e meio de contrato e comentou, em entrevista ao ge, que já recebeu sondagens de clubes brasileiros da Série A. "Não posso dizer quais clubes, porque senão o pessoal invade minhas redes sociais pedindo pra fechar com eles", relatou o jogador 33 anos em tom bem-humorado.

"Se voltar para o Brasil, não vou priorizar time ou a Série. Vou fechar pela minha vontade. Graças a Deus consegui minha liberdade financeira na China, o que me dá essa oportunidade de não escolher pelo dinheiro. Tenho muito carinho pelo São Paulo e pela Chapecoense, por exemplo, e um sonho que é voltar a jogar pelo Criciúma. Vamos ver o que acontece lá na frente", completou.

Aloísio começou sua carreira como jogador profissional em 2010 após ser revelado pelo Grêmio. No entanto, não conseguiu espaço suficiente dentro da equipe e, logo em seguida, foi transferido para o Caxias e para o Verdão do Oeste Catarinense. O centroavante deixou o futebol brasileiro em 2014 após ser vendido pelo clube do Morumbi por 5 milhões de euros para o Shandong Taishan, da China.

facebooktwitterreddit