Premier League

Brilho de Ramsdale, constância de Mount e Gerrard em Anfield: a Premier League em 360º

Lucas Humberto
Gerrard complicou a vida do Liverpool no reencontro com o ex-clube, mas Salah garantiu mais três pontos para os Reds
Gerrard complicou a vida do Liverpool no reencontro com o ex-clube, mas Salah garantiu mais três pontos para os Reds / OLI SCARFF/GettyImages
facebooktwitterreddit

Três jogos, sete gols. Assim pode ser definida a faixa das 12h da Premier League. Apesar da quantidade expressiva de bolas na rede, os duelos foram marcados por confirmações de favoritismos. De qualquer forma, vale conferir um resumo dos principais acontecimentos envolvendo Liverpool, Chelsea e Arsenal.


A regularidade de quem tem Ramsdale

Aaron Ramsdale Arsenal Southampton Premier League
Arqueiro dos Gunners fez outra grande partida / Eddie Keogh/GettyImages

Começando por quem sofreu menos. Em pleno Emirates Stadium, o Arsenal mostrou todo seu poderio: 3 a 0 diante do Southampton, gols de Alexandre Lacazette, Martin Ødegaard e Gabriel Magalhães. Mikel Arteta e seus comandados ainda contaram com outra faceta do brilhantismo individual de Aaron Ramsdale.

Além de protagonizar defesas de grande dificuldade, o arqueiro deu um passe preciso para Gabriel Martinelli que, por pouco, não encontra o caminho das redes. Com o placar, os Gunners assumem a quinta posição da tabela, embora possam ser ultrapassados ainda nesta rodada dependendo da combinação de outros resultados.


Brilho de Mount e Rüdiger garantem virada do Chelsea

Mason Mount Stamford Bridge Chelsea Leeds United Premier League
Goleador, construtor e símbolo, Mount vive uma das melhores fases da sua carreira / Sebastian Frej/MB Media/GettyImages

Tudo indicava um jogo complicadíssimo para os envolvidos, afinal, apesar da 14ª colocação da tabela, o Leeds United costuma dificultar a vida dos adversários. Dito e feito. O time de Marcelo Bielsa saiu na frente quando o brasileiro Raphinha converteu pênalti, mas neste sábado (11), a sorte estava do lado do Chelsea. O placar em Londres terminou com vitória de virada dos Blues por 3 a 2, gols de Mason Mount e Jorginho (duas vezes). Joe Gelhardt descontou.

Os principais destaques ficaram por conta de Mount, que segue fazendo uma temporada esplêndida, e Antonio Rüdiger, responsável por sofrer dois pênaltis no mesmo jogo. Em contrapartida, a consistência defensiva parece ter abandonado Thomas Tuchel, que viu seu plantel sofrer 10 gols nos últimos cinco jogos. Alô, Palmeiras...


No retorno de Gerrard, melhor para Salah

Steven Gerrard Anfield Liverpool Aston Villa Premier League
Gerrard retornou a Anfield e reencontrou o clube que defendeu por 17 anos / Clive Brunskill/GettyImages

Ovacionado. Assim Steven Gerrard foi recebido ao pisar em Anfield. Não poderia ser diferente - a torcida do Liverpool aplaudiu de pé o ídolo que desta vez voltou ao estádio dos Reds como rival - técnico do Aston Villa. A chuva de sentimentos, no entanto, ficou em segundo plano assim que o jogo começou. Como esperado, o time de Jürgen Klopp pressionou e a equipe de Birmingham defendeu. E funcionou. Durante um tempo, claro.

Aos 19 minutos do segundo tempo, Mohamed Salah invadiu a área, foi derrubado por Danny Ings, sofreu pênalti e converteu. Daí em diante, os Villains até tentaram esboçar uma reação, mas encerraram a partida sem dar um chute no alvo. Com o resultado, os Reds permanecem um ponto atrás do líder Manchester City. A partir daqui, qualquer tropeço será fatal aos envolvidos.

facebooktwitterreddit