Brasileirao Série A

Em noite de Pablo, Athletico-PR vira sobre o Juventude e pula para o G-4 do Brasileirão

Bia Palumbo
Seis gols em oito jogos: os números de Pablo na Era Felipão
Seis gols em oito jogos: os números de Pablo na Era Felipão / Heuler Andrey/GettyImages
facebooktwitterreddit

De volta ao Athletico-PR nesta temporada, o atacante Pablo demorou a engrenar, mas desde a chegada do técnico Felipão ganhou confiança e chegou ao sexto gol em oito jogos nesta quarta-feira (8), quando o Furacão bateu o Juventude em Caxias do Sul, de virada, pela 10ª rodada do Brasileirão.

Além da vitória fora de casa, o rubro-negro paranaense deu um salto na classificação e atualmente ocupa a vice-liderança, com 16 pontos, atrás apenas do Corinthians. A equipe jaconera, por sua vez, segue como a mais vazada da competição e ainda caiu uma posição na temida zona de rebaixamento.

Os mandantes saíram na frente com Jadson, após cobrança de lateral e vacilo de Abner na marcação, mas Pablo empatou ainda no primeiro tempo em chute cruzado e ainda deu uma assistência para Vitor Bueno. Ainda teve gol de Terans, outro destaque do time na temporada, que recebeu belo passe de Léo Cittadini e ampliou.

O jogo começou tenso antes mesmo da bola rolar. Isso porque houve confronto entre torcedores nos arredores do estádio horas antes do apito inicial e a confusão fez com que o espaço destinado aos visitantes nas arquibancadas do Estádio Alfredo Jaconi ficasse vazio. Ao deixar o gramado, Pablo fez um apelo para os torcedores.

"Vitória importantíssima, grandes equipes perdem aqui, é muito difícil. Pena o que acontece fora do estádio, ficamos muito tempo sem a torcida no estádio, e agora jogando, fora um clima mais hostil, faz parte do futebol. A gente pede que pare de brigar, amor ao próximo, é triste."

Pablo, do Athletico-PR, ao SporTV
facebooktwitterreddit