Brasileirao Série A

Fortaleza controla as ações, mas erra demais e continua na lanterna do Brasileirão; Athletico sai do G-4

Bia Palumbo
Leão do Pici venceu apenas 1 das 11 partidas que fez até agora
Leão do Pici venceu apenas 1 das 11 partidas que fez até agora / Buda Mendes/GettyImages
facebooktwitterreddit

Embalado após vencer o Flamengo em pleno Maracanã e empatar fora de casa durante a semana, o Fortaleza voltou a campo neste domingo (12), mas repetiu problemas apresentados em rodadas anteriores e decepcionou o torcedor que foi à Arena Castelão ao empatar sem gols com o Athletico-PR, pela 11ª rodada do Brasileirão, resultado insuficiente para tirar o Leão do Pici da última colocação na tabela. O Furacão precisava da vitória para entrar no G-6, a zona de classificação para a Libertadores, então retorna para Curitiba com apenas um ponto.

"Só temos que pedir desculpas para o torcedor, a bola não está entrando. A gente dominou a partida. Fomos eficientes ali atrás, não levamos gol e isso é uma evolução, agora falta caprichar nas finalizações. É tanta vontade de fazer que acabamos perdendo os gols. Vamos seguir trabalhando para sair dessa situação o mais rápido possível, ainda no primeiro turno, senão vai ser desesperador."

Marcelo Benevenuto, zagueiro, Fortaleza

O jogo foi equilibrado, sendo que a oportunidade mais clara saiu dos pés de Abner Vinicius, que acertou o travessão.

Na reta final da partida dois jogadores que vieram do banco quase tiraram o zero do marcador. Aos 42 do segundo tempo, Matheus Babi partiu em velocidade até ficar cara a cara com Marcelo Boeck, tentou encobrir o goleiro, mas a bola saiu à direita da trave. Já nos acréscimos, o zagueiro Ceballos recebeu livre de frente para o gol, ajeitou

Classificação e próximos jogos

Além do Fortaleza, a zona de rebaixamento tem atualmente Cuiabá, Avaí e Juventude. O Palmeiras é o líder do campeonato, seguido por Corinthians, São Paulo, Internacional, Athletico-PR e Atlético-MG.

facebooktwitterreddit