Brasileirao Série A

Atlético-GO vence o Fluminense e deixa zona de rebaixamento do Brasileirão

Bia Palumbo
Atlético-GO segue invicto contra adversários cariocas
Atlético-GO segue invicto contra adversários cariocas / Buda Mendes/GettyImages
facebooktwitterreddit

O Atlético-GO comprovou neste sábado (11) ser uma "pedra no sapato" dos clubes cariocas no Brasileirão 2022. Após empatar com Flamengo e Botafogo, o Dragão foi ao Maracanã e novamente arrancou ponto de um rival do Rio de Janeiro. A vítima desta vez foi o Fluminense, que estava embalado após goleada no meio de semana, porém sofreu mais do que os rivais e perdeu por 2 a 0.

O jogo foi definido praticamente no primeiro tempo, que teve bastante emoção. Artilheiro do Flu, Germán Cano perdeu um gol logo aos 15 minutos, em lance que teve intervenção precisa do goleiro Ronaldo, um dos responsáveis pela vitória do time goiano.

A expulsão do zagueiro David Braz logo aos 21 minutos desmontou a estratégia do técnico Fernando Diniz, que recompôs o sistema defensivo com Felipe Melo na vaga de Willian. O cartão vermelho aconteceu porque o defensor cometeu falta tática em Churín, que partia em direção ao gol.

Autor do gol contra o Flamengo na estreia, Wellington Rato deu o cartão de visitas aos 25, quando acertou a trave, mas a rede só balançou mesmo aos 34, quando Jefferson arriscou de fora da área e encobriu o goleiro Fábio. Enquanto isso, Luiz Henrique era o mais lúcido no lado dos mandantes, buscando o jogo.

Ex-jogador do Tricolor das Laranjeiras, Marlon Freitas marcou diante do Botafogo e desta vez também foi importante. Ele fez um lançamento para Rato concluir com precisão e fechar a conta. Diniz mexeu duas vezes no intervalo, mas nem Caio Paulista nem Nathan conseguiram mudar a realidade da partida.

Pelo contrário: Rato e Jorginho quase ampliaram, mas Fábio salvou, e o árbitro Luiz Flavio de Oliveira ainda mandou seguir um lance polêmico entre Edson e Felipe Melo que os atleticanos pediram pênalti. O VAR Pablo Ramon Goncalves Pinheiro chamou, mas a decisão foi mantida após a revisão no monitor à beira do gramado.

O Tricolor terminou com quatro atacantes em campo com a entrada de Alexandre Jesus e John Kennedy, que perdeu duas boas chances na reta final, assim como Luiz Henrique, que acertou o travessão.

Classificação e próximos jogos

A derrota impede o Fluminense de chegar ao G-6, então o Tricolor das Laranjeiras fica com 14 pontos, em 8º lugar, mas ainda pode ser ultrapassado e se aproximar da zona de rebaixamento. Falando nisso, o Atlético-GO chegou a 13 pontos e saiu do Z-4.

O clube carioca volta a campo na quarta-feira (15), quando vai a Belo Horizonte enfrentar o América-MG, que também soma 14 pontos mas não jogou nesta rodada. Já o Dragão só joga na quinta-feira (15), contra o Palmeiras no Allianz Parque.

facebooktwitterreddit