Brasileirao Série A

Brasileirão: Palmeiras arranca empate no minuto final contra o Goiás e evita zona de rebaixamento

Matheus Nunes
Rony entrou no segundo tempo e marcou o gol que igualou o placar
Rony entrou no segundo tempo e marcou o gol que igualou o placar / NELSON ALMEIDA/GettyImages
facebooktwitterreddit

Atual campeão da Libertadores, o Palmeiras começou mal o Brasileirão - perdeu por 3 a 2 para o Ceará em pleno Allianz Parque. Durante a semana o técnico Abel Ferreira poupou titulares e o time goleou por 8 a 1 na Libertadores, então o elenco viajou para Goiânia empolgado. O time tomou um susto ao ver o Goiás fazer 1 a 0 no Estádio da Serrinha, mas Rony foi acionado na etapa final e, nos acréscimos, acertou um belo chute que deu números finais ao duelo.

Com um desempenho bem abaixo, o alviverde apostava em bolas jogadas na área do adversário, mas sem muita efetividade, tanto que o destaque do primeiro tempo foi o goleiro Tadeu. Empurrado pela torcida, o Esmeraldino marcou aos 12 minutos da etapa final, em lance com polêmica de arbitragem que revoltou palmeirenses. Porém, o VAR revisou o lance e considerou jogada normal, sem chamar Braulio da Silva Machado para rever no monitor à beira do gramado.

Aos 17 minutos do 2º tempo, Abel Ferreira chamou Rony para entrar na vaga de Piquerez. O atacante mostrou vontade e foi muito participativo enquanto esteve em campo. Aos 50 minutos, em jogada de escanteio, ele aproveitou o cruzamento e emendou um voleio sem chances para Tadeu.

Esses foram os primeiros pontos conquistados pelas equipes no Campeonato. Agora, o Goiás terá pela frente o Red Bull Bragantino novamente em casa. Por outro lado, o Verdão fará mais uma partida longe da sua torcida, desta vez contra o Flamengo, na quarta-feira (20).

facebooktwitterreddit