Brasileirao Série A

América-MG vence clássico, quebra tabu de 21 jogos contra o Atlético-MG e cola no líder do Brasileirão

Bia Palumbo
Hulk passou em branco e não evitou derrota do Galo no Horto
Hulk passou em branco e não evitou derrota do Galo no Horto / DOUGLAS MAGNO/GettyImages
facebooktwitterreddit

Rivais no mesmo grupo da Libertadores, Atlético-MG e América-MG se reencontraram pela segunda vez na semana neste sábado (7) na Arena Independência pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro e o Coelho deu o troco no Galo ao devolver o placar de 2 a 1. Maidana converteu pênalti para colocar os donos da casa na frente. O segundo tempo foi movimentado, com o empate de Nacho Fernández e o chute de Raúl Cáceres, o primeiro gol dele pelo clube. Ainda deu tempo de Felipe Azevedo ser expulso.

"A gente estava há muito tempo sem ganhar do Atlético. O time vem evoluindo jogo a jogo e hoje foi muito bem. Outro dia falei com meu irmão que ia fazer gol no clássico pela Libertadores, não aconteceu, mas passaram três dias e estou aqui."

Raúl Cáceres, lateral do América-MG

Classificação e próximos jogos

Além dos três pontos, a vitória representou o fim de um tabu que durava desde 2016, ou 21 jogos sem vencer o Atlético-MG, que também não perdia como mandante há 36 partidas. Com isso o time de Vagner Mancini chegou a 9 pontos e igualou o Corinthians, líder do Brasileirão. Já o Galo está em 4º lugar, com oito, mas é preciso aguardar o complemento da rodada para saber como ficará o G-4.

Artilheiro do Atlético no Brasileirão, com três gols, o atacante Hulk desta vez não marcou e saiu de campo furioso com a arbitragem. Ele ainda recebeu o terceiro amarelo e desfalca o time na quarta-feira (11) contra o Red Bull Bragantino, que agora é o único invicto no campeonato.

Já o América tem um dia a menos de descanso, visto que retorna aos gramados na terça-feira (10), quando recebe o CSA pela Copa do Brasil. Os alagoanos precisam reverter um placar de 3 a 0 para avançar às oitavas de final.

facebooktwitterreddit